- Publicidade -
Quarta-feira, Janeiro 19, 2022
- Publicidade -

Abrantes | Praça Central de S. Miguel do Rio Torto vai ser requalificada com apoio autárquico

A Câmara Municipal de Abrantes vai apoiar financeiramente a obra de requalificação da Praça Central de São Miguel do Rio Torto, que será transformada em zona de lazer polivalente, a executar pela União de Freguesias de S. Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, sendo apoiada por mecenas e empresas privadas. O projeto parte de uma vontade já antiga da comunidade local, e é agora realidade com um investimento total previsto de cerca de 230.906,00 euros. Também a Casa do Povo local receberá um apoio de cerca de 35 mil euros para a instalação do novo polidesportivo, em acordo de colaboração com a Câmara Municipal.

- Publicidade -

Ao abrigo de um contrato interadministrativo de delegação de competências a estabelecer entre a Câmara e a União de Freguesias, a autarquia vai apoiar a obra com o valor de 73.310 euros (prevendo-se um investimento total orçado em cerca de €230.906,00 + IVA).

O apoio autárquico será destinado à introdução de arborização, pavimentação, instalação de equipamentos de recreio e lazer (bancos, parque infantil e “ginásio” ao ar livre) e  instalações sanitárias públicas, lê-se na nota de imprensa do município.

- Publicidade -

O projeto contempla ainda a demolição do polidesportivo atualmente existente no espaço da praça central, referindo a CM Abrantes, que “uma vez que este equipamento demonstrou ao longo dos anos ter grande capacidade de atração da população local, a Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto adquiriu um terreno contíguo às suas instalações e projetou a realização de novo equipamento, tendo já garantido parte do seu financiamento junto de entidades e empresas locais e nacionais”, lê-se na mesma informação.

A CM Abrantes vai ainda proceder, neste âmbito, a um acordo de colaboração com a Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto, entendendo que se trata de “um elemento da rede concelhia de equipamentos de recreio e lazer e porque importa continuar a proporcionar a existência deste tipo de espaços em zonas rurais, com interesse para a comunidade local”, apoiando a concretização do projeto.

- Publicidade -

A verba a ser atribuída à coletividade, perante o acordo de colaboração, será de 35.880 euros (o total do investimento é de €156.000+ IVA).

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome