Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: Pousada da Juventude volta a encerrar até 31 de Março

A Pousada da Juventude de Abrantes vai voltar a estar encerrada no período de inverno, entre 1 de dezembro de 2015 e 31 de Março de 2016, informou a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque.

- Publicidade -

O anúncio foi feito durante a última reunião de Câmara do Executivo, que decorreu esta terça-feira, dia 1 de dezembro, pela presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque, que informou que a autarquia recebeu uma carta da Movijovem a anunciar o encerramento da Pousada da Juventude de Abrantes durante a chamada época baixa.

Nessa nota informativa, referiu Maria do Céu Albuquerque, a Movijovem , entidade gestora da Pousada da Juventude, diz que “está disponível para manter a Pousada a funcionar desde que a Câmara assuma o défice de exploração no valor de 10 mil euros”.

- Publicidade -

Em declarações ao mediotejo.net, a presidente da Câmara Municipal de Abrantes refere que “não estamos disponíveis para assumir esse défice de exploração uma vez que a Pousada não tem as condições necessárias neste momento para acolher quem escolha lá ficar”.

Esta é uma situação que já não é nova e que todos os anos se repete na entrada da época baixa do turismo.

“O que já dissemos à Movijovem é que estamos disponíveis para colaborar, seja para encontrarmos o melhor modelo de gestão de maneira a que não haja défice de exploração e que possa servir o melhor possível os objetivos a que se propôs”, salienta Maria do Céu Albuquerque.

No entanto, segundo a autarca, “não estão reunidas as condições porque é necessário fazer uma intervenção física séria, nomeadamente ao nível da cobertura, das canalizações, para recuperar aquele património. Aquilo que dissemos à Movijovem é que estamos inclusivamente disponíveis para podermos ser donos-de-obra, para fazer aquela intervenção, desde que nos garantam o financiamento, nomeadamente a partir do Portugal 2020, e com isso podemos encontrar conjuntamente uma solução para podermos dinamizar esta Pousada que é única na nossa região, é única no Distrito de Santarém e na nossa região mais alargada, tem um potencial muito grande e que nos faz falta”.

“É um investimento grande que será ali necessário para obras. Já nos predispusemos a ajudar a Movijovem a fazer esse levantamento e orçamento e não tem havido essa abertura da parte da Movijovem”, refere Maria do Céu Albuquerque.

Para já, a Câmara Municipal de Abrantes vai aguardar as decisões que o novo Governo irá tomar sobre estas matérias e em relação ao Quadro Comunitário “para podermos tomar decisões relativamente a este assunto”, refere Maria do Céu Albuquerque, acrescentando que “temos noção de que a ocupação é bastante, nomeadamente na época estival, é claro que no Inverno baixa, mas mesmo baixando no Inverno está-se a perder a oportunidade de garantir a sua ocupação por falta de condições”.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome