Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Setembro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Pilotos apresentam-se na Barão da Batalha para a Baja Portalegre

Esta quarta-feira, dia 23 de outubro, às 18:30, irá realizar-se em Abrantes, na Praça Barão da Batalha, a apresentação e partida simbólica dos pilotos abrantinos que vão participar na Baja Portalegre 2019, num evento realizado pelo Clube Aventura e Motorizado do Pego (CAMP), com a colaboração da Câmara Municipal de Abrantes e Junta de Freguesia do Pego.

- Publicidade -

Na ocasião serão dados a conhecer todos os pilotos e veículos que vão participar nesta competição. A Baja Portalegre 500, que vai decorrer este fim de semana, vai passar por localidades como Chamusca, Gavião, Ponte de Sor, Nisa e Portalegre, entre outras.

A prova é pontuável para a Taça do Mundo FIA de Ralis de Todo o Terreno, Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno e Taça Nacional de Todo-o-Terreno e vai decidir os novos campeões do CPTT e da Taça do Mundo de TT Bajas. Para a prova do ACP, são mais de 350 os inscritos, divididos entre autos, motos, SSV e quads.

- Publicidade -

Pilotos de Abrantes apresentam-se na Barão da Batalha para a Baja Portalegre 2019. Foto arquivo: mediotejo.net

Três títulos para atribuir em Portalegre

Tiago Reis e Válter Cardoso (Mitsubishi Racing Lancer) venceram em setembro a Baja de Idanha-a-Nova, penúltima prova do Nacional de Todo-o-Terreno, adiando a discussão do título para a derradeira prova, em Portalegre.

O terceiro classificado do campeonato deixou a dupla Pedro Dias da Silva/José Janela (Ford MO Proto) a 2.59 minutos de diferença.

O líder do campeonato, Alexandre Ré, navegado por Pedro Ré (VW Amarok), foi terceiro, a 3.15 minutos do vencedor.

Nas motas, a vitória sorriu a António Maio (Yamaha), com 4.31 minutos de vantagem sobre Daniel Jordão (Yamaha), novo líder do campeonato.

Nos quads, Roberto Borrego (Yamaha) bateu o comandante Luís Engeitado por 5.43 minutos enquanto que nos SSV o vencedor foi Luís Cidade (Can Am).

Nas três categorias, os títulos serão atribuídos apenas nesta última ronda, a mítica Baja de Portalegre.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome