Abrantes | “Palha de Abrantes” em primeiro plano

O doce conventual “Palha de Abrantes” marcou a manhã de sábado, 1 de Julho, no mercado diário abrantino. A hóstia, o doce e o fio de ovos, já preparados em recipientes sobre bancada, foram os ingredientes que deram forma a esta iguaria tão tradicional da cidade.

PUB

Com a ajuda de Pedro António, sócio gerente das Pastelaria Palha de Abrantes, iniciou-se a montagem do doce conventual utilizando os componentes previamente preparados. Sobre a hóstia (comprada em resmas a empresas especializadas), colocou-se o doce de ovos e por cima deste, os fios. A etapa seguinte seria levar ao forno bem quente para dourar as pontas dos fios de ovos. Mas como não havia forno adequado para o fazer, valeu uma fornada já pronta para degustação.

“Para fazer os fios de ovos começa-se por juntar a água e o açúcar num tacho e leva-se ao lume brando. Entretanto pega-se nos ovos e separam-se as gemas das claras. Passam-se as gemas por uma peneira e depois batem-se até ficarem leves. Quando a calda da água com o açúcar estiver a ferver, deitam-se as gemas dentro de um passador, deixando os ovos caírem, em fios. Os fios devem cozer entre dez a vinte segundos. É necessária alguma experiência para perceber, só com um olhar, se falta água, ou açúcar.. se é preciso mais ou menos tempo de cozedura. Essa é a dificuldade”, explicou Pedro António.

PUB

A hóstia que recebe o doce e os fios de ovos é fina como papel, levando muitas vezes as pessoas a não consumi-la. Pedro António diz que muitas vezes é preciso esclarecer os consumidores.

O doce “Palha de Abrantes” foi feito na presença dos participantes que tiveram a oportunidade de, no final, degustarem da iguaria e manifestarem a sua aprovação com o som, “humm…”

 

PUB
PUB
Vinicius Alevato
Vinicius Alevato, 30 anos, estudante de comunicação, está a aprender a observar uma região com o olhar atento aos factos. Acredita no jornalismo de proximidade e na importância de servir as pessoas através da boa informação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).