Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: Padre de Rio de Moinhos nomeado Diretor da Pastoral da Juventude

O padre Nuno Miguel Silva, que exercia na paróquia de Rio de Moinhos, Abrantes, foi nomeado pelo Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Dias, como Diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e Vocações.

- Publicidade -

Na nota de nomeação pelo Bispo D. Antonino Dias, é referido que o Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e Vocações tem novo diretor e que a nomeação representa um desafio para o pároco e para os jovens da Diocese.

“O novo Director é o P. Nuno Miguel Lopes da Silva que, como diz o acto de nomeação, é “dispensado de Pároco da paróquia de Rio de Moinhos, Arciprestado de Abrantes, de responsável pelo Pré-Seminário Diocesano, e nomeado Director do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e Vocações, em acumulação com os outros serviços que lhe estão confiados”, pode ler-se na nota escrita pela Bispo.

- Publicidade -

“É um novo desafio da Igreja para o P. Nuno e para os Jovens da nossa Diocese: conhecer melhor Jesus Cristo, comprometer-se com Ele, dar origem a um projecto de vida onde o Evangelho define rotas e opções, viver em Igreja diocesana e universal como se vive em casa própria. Rezamos para que o Senhor Jesus dê fecundidade a este projecto da Igreja diocesana, para que o Senhor Jesus fortaleça na fé os que trabalham por Ele, e assim mais jovens possam conhecer e amar Jesus Cristo”, conclui a mesma nota.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome