- Publicidade -
Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Oke Tillner com produção em serviços mínimos até 2 de abril

A fábrica da OKE Tillner Perfis Lda., em Abrantes, vai laborar em serviços mínimos devido à pandemia do Covid-19. Trata-se de uma empresa essencialmente exportadora que produz perfis de plástico para assentos de automóveis. A empresa, com 70 trabalhadores e 20 linhas de produção, tem um volume de negócios de 9 milhões de euros por ano.

- Publicidade -

A OKE Tillner Perfis Lda. vai laborar em serviços mínimos a partir de segunda-feira, 23 de março, e até ao dia 2 de abril. A decisão foi avançada ao jornal mediotejo.net na manhã desta sexta-feira pela administração da fábrica, como resposta aos impactos que o novo coronavírus (Covid-19) está a provocar nas exportações.

A fábrica, que produz perfis de plástico para assentos de automóveis, “não suspende a produção mas decidiu laborar em serviços mínimos, com uma equipa que assegure o essencial, ou seja, 35% da sua capacidade”.

- Publicidade -

A situação vai decorrer, para já, de 23 de março a 2 de abril, disse ao mediotejo.net Sónia Ferreira, managing director da fábrica situada no Parque industrial de Abrantes.

“Aguardamos por melhores dias, que a situação normalize. Temos trabalho mas não para todos”, notou a responsável da empresa.

A OKE Tillner Perfis Lda. é uma empresa “fundamentalmente exportadora e os clientes estão a adiar as recolhas. Precisamos expedir o falta e gerir as semanas”, acrescentou.

Sónia Ferreira deu ainda conta que a empresa, desde o início da propagação da doença, segue as orientações da Direção-Geral da Saúde, espelhadas também no seu Plano de Contingência, mas desde o início da propagação do H1N1que já se preocupava em ter produtos desinfetantes em reserva, como distribuidores de gel.

Há quatro semanas reforçou o dispositivo duplicando o número de embalagens de gel desinfetante, de máscaras e luvas.

A fábrica de Abrantes do grupo OKE tem 20 linhas de produção e “vão estar a trabalhar as linhas 1, 5 e 9 para que os trabalhadores tenham o distanciamento exigido pelas orientações da DGS. O escritório trabalhará ao nível do indispensável e cinco trabalhadores estarão em teletrabalho. No total serão 25” em serviços mínimos, do total de 70 que atualmente trabalham na fábrica, indicou.

Assim, a partir de segunda-feira apresentam-se para trabalhar nas instalações fábrica “aqueles que se disponibilizaram, os que se sentiram confortáveis”, explicou a managing director.

A empresa tem alcançado bons resultados. A responsável referiu que os primeiros meses de 2020 “correram muito bem! Até contratamos mais 7 pessoas. Situações que possivelmente terão de ser revistas”, disse, manifestando-se, no entanto, otimista porque “o mundo não pode parar. Estamos confiantes e os nossos trabalhadores estão protegidos”.

Na OKE Tillner Perfis Lda. o reatamento normal da produção acontecerá, então, logo que as condições melhorem. A empresa tem um volume de negócios de 9 milhões de euros por ano.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome