Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: Obras no Vale da Fontinha já começaram

Já estão a decorrer as obras de requalificação do Vale da Fontinha, em Abrantes. A autarquia prevê, nesta primeira fase dos trabalhos, retirar cerca de 80 camiões carregados de terra e entulho que foi depositado ilegalmente naquele espaço.

- Publicidade -

“Estamos a retirar alguns camiões dos muitos que vamos ter de retirar de lá com terra e entulho que foi lá depositado ilegalmente, são mais de 80 camiões carregados que vão ser retirados daquele local e entregues na Valnor para reciclagem, uma vez que se trata essencialmente de resíduos de demolição e construção que foram ali depositados ilegalmente”, informou a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, durante a última reunião camarária que decorreu na terça-feira, dia 3.

Segundo informou ainda a autarca, “esta intervenção está a ser feita por administração direta em que aquilo que nos propomos fazer é começar a criar condições para que a feira no próximo ano já ali possa acontecer”.

- Publicidade -

A recuperação do Vale da Fontinha é um dos projetos previstos no Plano Estratégico Abrantes@2020 e pretende dotar aquele local com as condições necessárias para passar ali a ser realizado o mercado semanal e a Feira anual de S. Matias.

Do projeto de requalificação do Vale da Fontinha, que se situa nas traseiras do antigo mercado municipal, faz ainda parte a construção de um campo de jogos e prado desportivo e a criação de um troço viário na zona da encosta sul.

Para já, estão a decorrer os trabalhos de remoção de terras depositadas ilegalmente naquele espaço e numa fase mais posterior é intenção da autarquia apresentar uma candidatura aos fundos comunitários “para fazer a conclusão da via de acesso que vai atravessar todo o parque e as plataformas para poderem, de forma consolidada e estruturada, poderem suportar o mercado e as feiras mas também alicerçar o estacionamento disponível nos dias em que o espaço não estiver a ser utilizado”.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome