Abrantes | Obras de repavimentação e sinalização arrancam na Avenida D. João I

A partir de terça-feira, dia 10 de novembro, e por um período previsto de 90 dias, realiza-se uma intervenção na Avenida D. João I, em Abrantes, para repavimentação e sinalização horizontal. A obra, numa das principais artérias da cidade, está adjudicada à firma “Contec – Construção e Engenharia, S.A.”, pelo montante de cerca de 300 mil euros (acrescido de IVA).

PUB

A obra vai realizar-se em três fases. Segundo a Câmara Municipal, “o planeamento destas fases tem como objetivo minimizar os condicionamentos ao trânsito bem como permitir sempre o acesso aos moradores e aos clientes e fornecedores dos estabelecimentos e serviços que se situam nesta avenida ou em arruamentos limítrofes e que serão, de algum modo, afetados de forma mais direta ou indiretamente, mas que terão esses acessos sempre facilitados, ainda que com a realização de alguns desvios”.

No entanto, informa que “em todas as fases da obra, o trânsito de veículos pesados estará interditado em toda a avenida, sugerindo-se, para evitar esperas, o desvio pela A23 ou pelo centro da cidade (Avenida das Forças Armadas, Avenida 25 de Abril, Avenida Dr. Santana Maia e Avenida Dr. Francisco Sá Carneiro).

PUB

A primeira fase, decorrerá já a partir de terça-feira, dia 10 de novembro, e incidirá entre a Rotunda do Olival e o entroncamento com a Rua Francisco Ferreira da Mata e com a Rua de Vale de Rãs (cruzamento de Vale de Rãs, junto aos semáforos).

Nesta primeira fase, o trânsito de veículos ligeiros e de veículos pesados em operações de cargas e descargas será desviado pela Avenida Mário Soares, Rua da Sociedade (Chaínça) e Rua do Vale de Rãs e vice-versa. Será, contudo, permitido sempre o acesso ao Retail Park, por um ou por outro lado, conforme a evolução dos trabalhos. A área de intervenção e as áreas de desvios estarão devidamente sinalizadas.

Para mais informações e visualização da sinalização, consulte cm-abrantes.pt

CONSULTE AQUI O PLANO DE DESVIOS

CONSULTE AQUI O PLANO DE DESVIOS

 

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).