Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Setembro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | “O Pai Natal já lá vem” e corre as redes sociais pela música e voz de dois abrantinos

Já corre as redes sociais um tema de Natal, interpretado por um pai e um filho em Abrantes. A canção intitulada “Pai Natal já lá vem” com música e letra da autoria do abrantino Fábio Pires, foi criada em 2009 e gravada agora, em 2019, com a interpretação do pequeno Duarte Pires.

- Publicidade -

O momento foi gravado, partilhado no YouTube e já corre as redes sociais, com mensagens de Boas Festas. Trata-se de um vídeo em que pai e filho interpretam a canção “Pai Natal já lá vem”, tendo como pano de fundo a cidade de Abrantes com as suas iluminações natalícias. O tema criado em 2009 e gravada este Natal, tem música e letra da autoria de Fábio Pires e é interpretada pelo filho, Duarte Pires, acompanhado pelo pai à viola.

Fábio Pires explica na sua página do Facebook ser uma forma de desejar “Feliz Natal” com uma “canção simples, mas com muito sentimento. Que o Pai Natal seja vosso amigo e vos traga aquilo que mais desejarem” escreve.

- Publicidade -

Para Fábio Pires “o maior presente deste Natal foi poder ter gravado este tema na companhia do pequeno Duarte. Um momento que ficará para toda a vida” acrescenta.

Na sua publicação Fábio agradece “à família e todos os amigos” que apoiaram este projeto, em particular à sua mulher Vânia Prates “pela motivação e alento para tirar este tema da gaveta”. E um “sincero” agradecimento ao professor Pedro Ferreira e à professora Mariana Azevedo Diogo.

Quem ainda não ouviu, pode ouvir e ver em baixo:

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome