Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Novo ano traz Cartão Sénior com benefícios para os mais velhos

O Município de Abrantes vai lançar em 2019 o Cartão Sénior como forma de apoio à população idosa do concelho. Uma medida de carácter social que concede benefícios aos seus portadores, nomeadamente descontos no acesso a programas sociais, culturais ou turísticos promovidos pela autarquia.

- Publicidade -

A Câmara Municipal de Abrantes aprovou por unanimidade, em reunião de executivo, a criação e implementação do Cartão Sénior. A presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque (PS), explicou tratar-se de um Cartão de apoio em diversas áreas, designadamente com benefícios de acesso a vários equipamentos municipais, aos seniores do concelho de Abrantes.

O Cartão Sénior a implementar brevemente no concelho de Abrantes traz “um conjunto de benefícios de acesso a serviços públicos, nomeadamente no âmbito municipal, de maneira a que os nossos idosos possam ter acesso a equipamentos públicos nas melhores condições”, explicou ao mediotejo.net a presidente da Câmara Municipal.

- Publicidade -

Maria do Céu Albuquerque deu exemplos dos referidos equipamentos públicos como “as piscinas municipais, espetáculos, museus, galerias… sobretudos descontos associados à utilização. Um conjunto de iniciativas que promovem a qualidade de vida dos nossos idosos que felizmente hoje vivem mais anos”.

O Cartão Sénior deverá ser publicamente apresentado no início do próximo ano, dando a conhecer a data da implementação, que tipo de benefícios terão os titulares, quem pode beneficiar do Cartão, quais os requisitos e como poderão ser formalizadas as candidaturas.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome