Abrantes | Nova ferramenta tecnológica alargada a mais escolas do concelho

Visita às escolas. Créditos: CMA

O presidente da Câmara Municipal de Abrantes, acompanhado pela vereadora Celeste Simão, assinalou o alargamento de entrega dos kits “Laboratório de Aprendizagem” a mais oito escolas do Ensino Básico, numa visita efetuada às escolas de Rossio ao Sul do Tejo e Chainça. O projeto em curso permite articular os conceitos apreendidos no âmbito dos programas curriculares das diversas disciplinas com o recurso ao computador e conta com o apoio em sala dos técnicos do Parque de Ciência e Tecnologia.

PUB

“Encontrámos professores e alunos entusiasmados por poderem contar com esta nova ferramenta tecnológica que capacita alunos e professores a desenvolverem um ambiente educativo de excelência e de combate ao insucesso e ao abandono escolar”, disse Manuel Valamatos.

A partir desta data, Abrantes conta já com o envolvimento das escolas básicas do concelho, num total de 27 turmas, com 516 alunos, dos 3º e 4º anos de escolaridade e cerca de 30 professores, num total de investimento de 180.488,22 euros.

PUB

Recorde-se que este programa designado por “Laboratórios de Aprendizagem Mocho XXI- 2ª Geração”, estimulado pelo projeto T-CODE, está a ser desenvolvido desde o ano letivo 2018/19 e até ao momento está já implementado nas escolas básicas do Agrupamento nº1 de Abrantes: M.ª Lucília Moita; Bemposta; Rossio ao Sul do Tejo; Pego; Alvega e Mouriscas. E Agrupamento de Escolas nº2:  Tramagal; Chainça e EB/JI António Torrado; Rio de Moinhos; S. Miguel do Rio Torto.

Visita às escolas. Créditos: CMA

Para estimular o uso das soluções tecnológicas, a parceria entre o Município de Abrantes, o Parque de Ciência e Tecnologia e os Agrupamentos de Escolas promove o projeto T-CODE.

PUB

Neste projeto a aprendizagem faz-se em contexto escolar e consiste no desenvolvimento de capacidades de raciocínio num pensamento de grupo, com o objetivo de definir um algoritmo que irá permitir aos alunos desenvolver a programação (em Scratch, HTLM e Python). Um trabalho que permite articular os conceitos apreendidos no âmbito dos programas curriculares das diversas disciplinas com o recurso ao computador e que conta com o apoio em sala dos técnicos do Parque de Ciência e Tecnologia.

Cada Kit é composto por: 21 Tablets Híbridos com teclado e sistema operativo Windows; 4 Dispositivos PI-TOP com inventors Kit e conteúdos para aulas de programação e robótica; 1 Access Point com armazenamento local de 500 GB e bateria; 1 Projetor HD, bateria e projeção wireless; Software de Gestão dos dispositivos; 2 Malas de transporte e armazenamento seguro dos equipamentos em utilização constante.

A aquisição destes kits de aprendizagem pelo Município de Abrantes foi cofinanciada pelo Centro2020, Portugal2020 e Fundo Social Europeu.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here