Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Município negoceia com IP desclassificação de troço da EN2 (c/áudio)

A Câmara Municipal de Abrantes tem estado a reunir com a Infraestruturas de Portugal (IP) para proceder à desclassificação de troço da Estrada Nacional 2, desde Olho de Boi e Alferrarede (incluindo a Avenida António Farinha Pereira) até ao lugar de Barreiras do Tejo, para permitir que a autarquia possa proceder à requalificação das infraestruturas rodoviárias. Manuel Jorge Valamatos, presidente da CM Abrantes, afirma mesmo que o impedimento de requalificação e intervenção naquela artéria, que é responsabilidade da IP, tem sido “entrave ao desenvolvimento”. O processo parece estar finalmente a avançar.

- Publicidade -

O presidente da Câmara, em resposta ao vereador Rui Santos (PSD) que questionou sobre ponto de situação quanto à desclassificação de artérias integradas na EN2, adiantou que tem existido conversações com a Infraestruturas de Portugal, onde  edil participa com o vice-presidente da autarquia João Caseiro Gomes, e que também já debateu o assunto com o Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel.

“Neste momento estamos a começar a ter condições para fazer a desclassificação deste troço e passá-lo para a égide do município. E dessa forma conseguir enquadramentos financeiros europeus para a requalificação de toda esta zona”, contextualizou Manuel Jorge Valamatos (PS).

- Publicidade -

ÁUDIO | Manuel Jorge Valamatos, presidente da CM Abrantes

Salientando que as infraestruturas rodoviárias “são extremamente importantes para o desenvolvimento dos territórios”, o autarca de Abrantes afirmou que a Estrada Nacional 2, no que toca ao troço desde a rotunda do Olho de Boi até Barreiras do Tejo, não pertence ao Município de Abrantes e não é da sua responsabilidade, mas “tem sido ao longo dos anos, um entrave ao nosso próprio desenvolvimento”.

O autarca relevou a intervenção feita pela autarquia noutra das principais artérias da cidade, no caso entre a Rotunda das Oliveiras e a Rotunda do Quartel, e comparou com o troço da EN2 na União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, onde não existe qualquer tipo de requalificação e onde não se tem consigo prosseguir com a ansiada requalificação de fundo da Avenida António Farinha Pereira.

Recorde-se que já existe um troço desclassificado da Estrada Nacional 2, entre a ponte de Rossio ao Sul do Tejo e Arrifana, que é responsabilidade da autarquia abrantina e onde tem procedido a ações de pavimentação e melhoramentos.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome