Abrantes | Mostra de doçaria tradicional abrantina adoçou Lisboa

Numa iniciativa que decorreu a 13 de outubro, no número 13 do Largo do Intendente, o Município de Abrantes e a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, deram a provar os doces tradicionais abrantinos aos lisboetas e aos turistas, num ação de promoção da 16ª Feira Nacional de Doçaria Tradicional que se vai realizar no próximo fim de semana no Centro Histórico de Abrantes.

PUB

Em nota de imprensa, a organização refere que cerca de meia centena de crianças, entre os 3 e os 6 anos, dos Jardins de Infância da Pena e dos Anjos, passaram pelo Largo do Intendente, na passada sexta-feira, para aprenderem a fazer as broas fervidas de noz e mel, típicas do dia de Todos-os-Santos, e conhecerem o “Palhinhas – uma história da Palha de Abrantes”, enquanto ícone da doçaria abrantina.

Foto: TAGUS

A ação promocional sobre a doçaria abrantina decorreu entre as 10h00 e as 17h30, e além da oficina de broas para os mais pequenos, o Chef Fernando Correia, da Pastelaria Tágide, demonstrou e deu a provar a doçaria tradicional abrantina aos clientes da Produtos e Territórios – Loja do Intendente e transeuntes desta zona lisboeta.

PUB

Deste modo, foi ainda dado destaque à Feira Nacional de Doçaria Tradicional que acontece desde 2002 e reúne doceiros de todo o país, bem como produtores de mel, licores e compotas, vindos de vários pontos do país e das ilhas. A 16ª edição realiza-se nos dias 27, 28 e 29 de Outubro, no Jardim da República, no Centro Histórico de Abrantes, com programa complementar de animação musical e desportiva.

Abrantes | Jardim da República recebe os melhores doces de todo o país

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here