Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Junho 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: Ministro da Educação visitou Creative Camp

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, esteve esta manhã em Abrantes para tomar contacto com os participantes, artistas e intervenções que estão a ser feitas na cidade, no âmbito da 5ª edição do Creative Camp.

- Publicidade -

Vindo de Lyon, França, onde assistiu ao jogo de apuramento da Seleção Nacional para a final do Campeonato Europeu, o ministro da Educação visitou ao final da manhã desta quinta-feira a cidade de Abrantes onde está a decorrer mais uma edição da academia de verão dedicada à criatividade com a presença de jovens criadores, muitos deles estudantes, vindos de várias partes do mundo, onde são partilhadas experiências e trabalhos originais.

Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, mostrou ao Ministro da Educação o grafiti do artista Insa que "esconde" um conjunto de imagens (Foto: mediotejo.net)
Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, mostrou ao ministro da Educação o graffti do artista Insa, que “esconde” um conjunto de imagens. Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

Saindo da Praça Raimundo Soares, também conhecido como Largo da Câmara, o Ministro da Educação percorreu a pé as artérias do centro histórico de Abrantes onde foi apreciando as intervenções feitas nos anos anteriores do 180 Creative Camp, como os “homenzinhos” (esculturas) de Isaac Cordal, que ainda podem ser vistos em algumas das paredes de edifícios, ou o graffiti do artista Insa, feito no ano passado, que, através de uma aplicação móvel, permite que sejam vistas diversas imagens que estão escondidas no desenho.

Na Praça Barão da Batalha, Tiago Brandão Rodrigues falou com alguns dos participantes do Creative Camp que estão a desenvolver um projeto relacionado com a calçada portuguesa e onde participam alunos de diversos países, como o Canadá e Paquistão.

Nesta praça do centro histórico de Abrantes, pode também ser vista a intervenção que foi feita por participantes do Creative Camp no edifício do antigo Bruno, propriedade de Manuela Soares Mendes, dando uma nova vida a este prédio, com uma intervenção que remete para a ideia de Abrantes, Cidade Florida.

De passagem pela Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, onde estão a decorrer workshops no âmbito do campo criativo, Tiago Brandão Rodrigues falou com alguns participantes, questionando a importância deste evento para a sua vida académica e profissional. Ivan, de 16 anos, é abrantino e o participante mais novo da edição deste ano do Creative Camp. É aluno do ensino secundário, estuda na Escola António Arroio, em Lisboa, e, questionado pelo Ministro da Educação, diz que “este é um evento muito positivo”.

A última paragem da visita do Ministro foi nos claustros do Convento de São Domingos, espaço que em breve vai entrar em obras no âmbito da empreitada de requalificação deste espaço para ali ser instalado o Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes.

Crianças das Férias Desportivas que estão a aprticipar em workshops de criatividade proporcionaram um momento musical a todos os presentes (Foto: mediotejo.net)
Crianças das Férias Desportivas que estão a participar em workshops de criatividade proporcionaram um momento musical a todos os visitantes. Foto: mediotejo.net

Ali, Tiago Brandão Rodrigues falou com algumas das 160 crianças das Férias Desportivas que também estão a participar em workshops de criatividade do 180 Creative Camp deste ano e ainda teve direito a um momento musical interpretado por alguns destes alunos de palmo e meio.

“Transição” é a palavra que se pode ler na pintura feita nas paredes dos claustros de S. Domingos por alguns dos participantes nos workshops e cuja escolha é explicada pelo facto daquele espaço em breve ser alvo de recuperação, com as obras que deverão começar em breve.

Questionadas por Tiago Brandão Rodrigues, algumas das participantes neste campo criativo salientaram a experiência “enriquecedora e que complementa o ensino” ao estarem no 180 Creative Camp.

“Este evento faz com que Abrantes seja também uma cidade central em Portugal e também aposta na centralidade com a realização de um evento desta natureza, que permite a interação dos artistas e participantes vindos de tudo o mundo com a comunidade e no espaço urbano”, referiu Tiago Brandão Rodrigues, sublinhando que estas intervenções permitem que os espaços ganhem novas vidas, que se perpetuam no tempo, fazendo com que haja Creative Camp na primavera, outono e inverno.

Ministro da Educação falou com alguns dos participantes no 180 Creative Camp (Foto: mediotejo.net)
Ministro da Educação falou com alguns dos participantes no 180 Creative Camp. Foto: mediotejo.net

“É enriquecedor ver alunos do secundário a interagir com alunos universitários e artistas de todo o mundo neste campo criativo”, salientou o ministro, que gostou das intervenções que viu no espaço urbano de Abrantes.

Autarquia investe 75 mil euros no Creative Camp

O Creative Camp começou a 3 de julho e termina no próximo domingo, 10 de julho, contando com a presença de mais de 40 participantes de diversos países, desde o Paquistão à Turquia, passando pela Colômbia, Estados Unidos e Canadá.

Pelo quarto ano consecutivo, Abrantes recebe este evento internacional que, este ano, envolveu um investimento autárquico de 75 mil euros. Na última reunião do executivo camarário, Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, referiu este investimento, realçando que “há um retorno económico que se espera, nomeadamente que, de forma direta, seja afetado às empresas da região cerca de 50 mil euros, e um retorno direto e indireto para toda a região de cerca de 120 mil euros”.

Na ocasião, a autarca recordou que “a aquisição de materiais e mercadorias (tintas, ferragens, impressão, materiais de decoração) é feita nos diversos estabelecimentos da cidade” e que há sete estabelecimentos de restauração que se associaram ao evento, onde os participantes tomam as suas refeições.

Intervenção feita nos claustros do Convento de S. Domingos e que remete para a nova utilização que este espaço irá ter após as obras de requalificação (Foto: mediotejo.net)
Intervenção feita nos claustros do Convento de S. Domingos e que remete para a nova utilização que este espaço irá ter após as obras de requalificação. Foto: mediotejo.net

A propósito do Creative Camp, a vereadora do PSD, Elza Vitório, questionou a autarquia sobre o facto das despesas relacionados com o Creative Camp não terem ido a reunião de Câmara, ao que Maria do Céu Albuquerque esclareceu que a nova legislação permite que os pareceres prévios já não tenham de ir a reunião de Câmara porque estão no âmbito do que são as competências da presidente da autarquia. “De qualquer modo, o valor é semelhante ao dos anos anteriores”, referiu Maria do Céu Albuquerque.

Elza Vitório sublinhou que “o PSD tem votado contra a iniciativa do Creative Camp por considerar que não é a forma mais adequada para que estas questões da criatividade e cultura suscitem nos munícipes um maior interesse do que outras iniciativas”.

Edifício que foi alvo de intervenção sob o tema "Abrantes, Cidade Florida" (Foto: mediotejo.net)
Edifício que foi alvo de intervenção sob o tema “Abrantes, Cidade Florida”. Foto: mediotejo.net

Maria do Céu Albuquerque referiu que “a intenção é estimular todos aqueles que estão a participar” mas que o foco desta iniciativa “não é só trabalharmos para dentro, é trabalharmos para fora, é ganharmos a visibilidade que já ganhámos e essa é uma aposta ganha”. Abrantes, neste momento, diz, “tem uma projeção internacional ao nível da criatividade que não teria de outra maneira”. Não podemos esquecer, defende, que “este projeto tem estas duas componentes: trabalhar com a comunidade local, e daí a participação local de mais de 200 pessoas de Abrantes, e depois tem a outra componente de visibilidade externa, nacional e internacional, e é isso que esperamos que seja projetado”.

O diretor do Canal 180 e curador do Creative Camp, Nuno Alves, disse ao mediotejo.net: “Já fizemos ações em muitos espaços e, no que diz respeito ao espólio imaterial de arte contemporânea, Abrantes está muito à frente de muitas cidades do mundo.”

Ministo da Educação falou com alguns dos artistas do 180 Creative Camp (Foto: mediotejo.net)
O ministro da Educação e a presidente da Câmara de Abrantes com alguns dos artistas do 180 Creative Camp. Foto: mediotejo.net

“Abrantes provoca-nos algumas dificuldades, como as condições do alojamento e o calor, mas também gosto de ver estas dificuldades como um desafio criativo”, salientou Nuno Alves, dizendo que a cidade irá novamente acolher no próximo ano mais uma edição do Creative Camp, “ uma semana inacreditável de ações”. Nuno Alves considera que “cada vez mais as cidades vão precisar de eventos como este porque é a única forma de renovar as nossas cidades e o tecido económico local”.

Números do Creative Camp

Na edição 2016, o Creative Camp envolve:

– 14 voluntários, em que 7 são de Abrantes;

– 20 participantes internacionais e 25 nacionais;

– 4 passatempos internacionais a decorrer;

– 160 crianças das Férias Desportivas a participar nesta iniciativa;

– 2 passatempos nacionais;

– faculdades nacionais envolvidas, em que  foram atribuídos 8 bilhetes aos melhores alunos;

– sete jornalistas residentes;

– 20 artistas internacionais e nacionais a participarem em workshops, talks e residências artísticas;

– estão em Abrantes representantes de 17 nacionalidades;

– 15 estabelecimentos comerciais do centro histórico vão ser intervencionados no âmbito do “Stores Art Attack”;

– mais de mil refeições servidas nos 7 restaurantes da cidade que aderiram ao evento.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome