Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Ministro da Defesa Nacional visita Regimento de Apoio Militar de Emergência

O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, visita esta quarta-feira, dia 19 de abril, o Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME), em Abrantes, criado recentemente para garantir a capacidade de apoio militar de emergência.

- Publicidade -

Esta unidade militar vem reforçar a capacidade de resposta das Forças Armadas no cumprimento de missões de interesse público e a ligação das Forças Armadas à rede de entidades nacionais responsáveis em situações de catástrofe e calamidade, funcionando em permanência disponível 24 horas e 365 dias por ano, e permitindo fazer face rapidamente a emergências complexas.

O Regimento de Apoio Militar de Emergência atua em permanente articulação com os ramos das Forças Armadas e, em especial, com a Autoridade Nacional de Proteção Civil, com vista a integrar e complementar esforços especialmente nas áreas de socorro imediato, apoio às populações, apoio ao dispositivo de combate a incêndios florestais, comunicações de emergência, engenharia e apoio de saúde.

- Publicidade -

Na visita estarão também presentes os Presidentes das Câmaras Municipais que assinaram Protocolos de cooperação com o Exército em 2016, bem como os que fizeram pedidos ou mostraram intenção em estabelecer protocolos.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome