Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Ministério Público averigua ruínas da Ermida de Santo Amaro

Tendo por base “uma denúncia anónima” o Ministério Público instaurou um processo de averiguações sobre a Ermida de Santo Amaro, em Abrantes. As obras junto à Ermida de interesse municipal entretanto terminaram, mas o assunto foi novamente levado a reunião de Câmara Municipal, esta terça-feira, 28 de maio, pelo vereador do Bloco de Esquerda. As explicações chegaram do vereador João Gomes (PS) com o pelouro das Obras Públicas, para dizer que “todos os procedimentos foram salvaguardados” pela Câmara Municipal.

- Publicidade -

Vereadores e técnicos da Câmara Municipal de Abrantes foram “chamados” pelo Ministério Público para prestar declarações. Em causa, explicou o vereador João Gomes em reunião de Câmara, “uma denúncia anónima” que obriga o Ministério Público a instaurar um processo de averiguação sobre a proteção da Ermida de Santo Amaro no decorrer de uma obra no edifício em frente e o estaleiro montado com equipamento de apoio à reabilitação, efetuada pela empresa ‘Ediestreito – Construções, Lda’. Obra que entretanto terminou.

“Dissemos que o processo era completamente transparente, todos os procedimentos foram salvaguardados pela Câmara e aguardamos ou pelo arquivamento do processo ou se irá prosseguir. A Justiça decidirá”, disse o vereador esta terça-feira.

- Publicidade -

Ruínas da Ermida de Santo Amaro, Abrantes, antes da intervenção

Segundo João Gomes, outro projeto estará para entrar na Câmara relativo a um espaço confinante à Ermida e “estamos a aguardar a situação. Ficou acordado que tudo o que estiver relacionado com aquele espaço será transmitido à Direção-Geral do Património Cultural”.

O responsável afirmou tratar-se de “um processo acompanhado pela Câmara e pela DGPC. Se entretanto não entrar o projeto, teremos de comunicar com o proprietário para que o estaleiro seja retirado e repostas as anteriores condições. Sendo que a DGPC quer analisar e elaborar uma informação final sobre aquele espaço”, adiantou.

Em julho de 2018, o vereador do Bloco de Esquerda, Armindo Silveira, já havia questionado o executivo camarário sobre a demolição parcial da Ermida de Santo Amaro. Quis saber por que não agiu prontamente em defesa da Ermida ou “do que resta dela” que, segundo disse, remontará ao século XVI e é edifício classificado.

Na época propôs a retirada urgente de todo o material de obra que ocupava o local e que se procedesse à prospeção arqueológica. Por seu lado, o vice-presidente assegurou que a Direção Geral do Património avalizou as intervenções, garantindo ainda que a DGPC realizara uma vistoria e que todas as recomendações foram cumpridas pelo empreiteiro.

“Sabemos que todas as situações foram salvaguardadas pelo empreiteiro. Não foi cometido qualquer crime ou negligência”, assegurou na época João Gomes, ao mesmo tempo que indicava estarem previstas “várias intervenções” naquele local, nomeadamente a construção de garagens cujo projeto “ainda não deu entrada” na CMA, assegurando, no entanto, que “todos os processos serão do conhecimento da DGPC. É a tutela que tem de dar parecer” sobre questões de património classificado.

Obras, entretanto terminadas, que decorreram junto às ruínas da Ermida de Santo Amaro

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome