- Publicidade -

Abrantes | Manuel Jorge Valamatos é o candidato do PS à Câmara Municipal (C/ÁUDIO)

A Comissão Política Concelhia do Partido Socialista (PS) de Abrantes aprovou por unanimidade o nome de Manuel Jorge Valamatos como sendo o candidato do PS à Câmara Municipal de Abrantes para as eleições autárquicas de 2021, anunciou a estrutura politica.

- Publicidade -

Manuel Jorge Séneca da Luz Valamatos dos Reis, 55 anos, natural de Tramagal, assumiu a Presidência da Câmara Municipal de Abrantes em fevereiro de 2019, tendo a concelhia socialista enaltecido que, ao longo destes dois anos, o atual presidente tenha “centrado a sua ação na proximidade à comunidade, às Juntas de Freguesia e na democratização do território”, tendo comentado ao mediotejo.net a sua candidatura.

ÁUDIO: MANUEL JORGE VALAMATOS, CANDIDATO PS À CM ABRANTES:

- Publicidade -

Em comunicado, a Comissão Política Concelhia do Partido Socialista de Abrantes, reunida esta quinta-feira, manifesta “total confiança e grande satisfação” na escolha do candidato, Manuel Jorge Valamatos, que pela primeira vez vai encabeçar a lista candidata à Câmara Municipal de Abrantes, tendo a estrutura política feito ainda notar estarem assim “reunidas as condições para iniciar um novo projeto autárquico”.

Militante do Partido Socialista desde 2003, Manuel Jorge Valamatos começou o seu percurso autárquico em 2002, como adjunto do Presidente da Câmara, tendo assumido as funções de vereador em 2004, função que exerceu até 2019, altura em que assumiu a Presidência da Câmara Municipal de Abrantes, rendendo no cargo Maria do Céu Antunes, atual ministra da Agricultura.

Na tomada de posse, Manuel Jorge Valamatos caracterizou o exercício da governação que então iniciava como de “Forte, inteligente e gentil”, tendo feito da máxima “A União faz Abrantes” bandeira da governação.

Desde 2002, com Nelson de Carvalho, o atual presidente da Câmara de Abrantes assumiu o lugar de adjunto e dois anos mais tarde de vereador. Ao longo dos anos assumiu as pastas do Desporto, Juventude e Tempos Livres, Manutenção, Transportes e Serviços Urbanos, Planeamento Estratégico, Gestão do Capital Humano, Manutenção e Gestão Logística, Ambiente e Sustentabilidade, bem como a Coordenação direta das Freguesias.

Desde 2013 que é também Presidente do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Abrantes (SMA). Em janeiro de 2018, assumiu a Presidência da Comissão Política Concelhia do PS Abrantes, sob o lema “Mobilizar. Afirmar. Renovar o Compromisso”, tendo sido rendido no cargo em 2020 por Ricardo Aparício, atual presidente da concelhia.

Manuel Jorge Valamatos nasceu em Tramagal, residiu em Vale das Mós e aos 10 anos passou a morar no Rossio ao Sul do Tejo, onde cresceu e constituiu família. Professor de Educação Física, atleta e dirigente associativo, é vereador da Câmara Municipal de Abrantes desde 2004, tendo assumido várias áreas de gestão autárquica.

As eleições autárquicas ainda não têm data marcada mas, como prevê a lei, devem decorrer entre 22 de setembro e 14 de outubro. Em Abrantes, além de Manuel Jorge Valamatos como candidato do PS, é apenas conhecida até ao momento a candidatura de Vasco Damas, pelo movimento ALTERNATIVAcom.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -