- Publicidade -

Abrantes | Mais de 1300 pessoas vacinadas contra a covid-19 desde 6 de março

No seguimento do Plano Nacional de Vacinação contra a covid-19, desde o dia 6 de março e até ao momento já tomaram a primeira dose da vacina 1314 pessoas em Abrantes. O número foi hoje avançado pelo presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos.

- Publicidade -

“Dois dias foram destinados ao grupo etário entre os 50 e os 65 anos com a vacina AstraZeneca, pessoas com doenças associadas. E os restantes dias para o grupo dos mais de 80 anos com a vacina da Pfizer”, deu conta o presidente da autarquia durante a reunião de executivo.

Recorda-se que a vacina da AstraZeneca está aprovada para prevenção da covid-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, em pessoas com idade igual ou superior a 18 anos. Mas vários países na Europa têm alargado, nos últimos dias, a administração da vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos, como por exemplo, a França, a Alemanha, o Reino Unido, a Itália ou a Grécia, segundo é justificado, “à luz de novos estudos clínicos sobre a vacina”. Em Portugal aguarda-se a decisão do Infarmed.

- Publicidade -

Em Abrantes, e de acordo com Manuel Jorge Valamatos, foram efetuados “cerca de 46 transportes, incluindo transportes realizados pelas juntas de freguesia, pela Cruz Vermelha, pelos bombeiros e serviços municipais” para o Centro de Vacinação de Abrantes, implementado no quartel dos bombeiros.

Esta semana, o executivo aguarda “saber qual o número de vacinas disponíveis” para o concelho de Abrantes e “em função disso reagiremos ao processo de vacinação. É expectável que quinta, sexta e sábado possamos estar mais uma vez no processo de vacinação”, perspetivou.

A situação epidemiológica em Abrantes no dia 8 de março era a seguinte: “1548 número total de casos de infeção, 1398 número de casos curados, 82 número de casos ativos, 9 número acumulado de casos de infeção nos últimos 14 dias, que corresponde a 26 por 100 mil habitantes”, avançou ainda Manuel Jorge Valamatos.

Para o presidente trata-se de “uma situação perfeitamente tranquila” ainda que esperando decréscimo do número, no sentido “da situação ficar mais controlada, para que o processo de desconfinamento possa acontecer rapidamente”, disse, notando que “pessoas, empresas, todos nós estamos num estado de ansiedade enorme”.

No entanto, com os números de infeção registados ontem “pode haver otimismo relativamente aos próximos tempos”, concluiu.

A Câmara Municipal criou uma linha telefónica de apoio aos munícipes que já tenham agendamento para a toma da vacina e que não tenham transporte para o Centro de Vacinação.

Através do número de telefone 241 330 112, os munícipes que já tenham sido contactados pelo Centro de Saúde para a vacinação e que não disponham de transporte, podem solicitar à autarquia que, com o apoio das Juntas de Freguesia, assegura a deslocação ao Centro de Vacinação.

Mais de 1300 já pessoas vacinadas em Abrantes contra a covid-19 desde 6 de março. Foto: CMA

Entretanto, os dados de hoje do ACES Médio Tejo reportam 8 novos casos de infeção em Abrantes, sendo que os mesmos estão relacionados com 8 funcionários que estão a proceder a trabalhos de limpeza da floresta na freguesia de Mouriscas. A empresa é de Castelo Branco e os casos reportados estão circunscritos a estes trabalhadores.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -