Abrantes | Luna Hotel Turismo acarinhou crianças em situação de risco este Natal

Foto: mediotejo.net

O Grupo Luna Hotels & Resorts, através da unidade Luna Hotel Turismo de Abrantes, agraciou, através da iniciativa Árvore Solidária, as crianças e jovens protegidos pelas instituições abrantinas Casa Clotilde de Vasconcelos (antiga Casa de S. Miguel) e Lar Dr. Armando Moura Neves (antigo Patronato de Santa Isabel) com prendas de Natal. Os jovens receberam esta quinta-feira à tarde os presentes, pela mão do Pai Natal, podendo usufruir da sala de estar do hotel, um lanche e receber a atenção e carinho da direção e colaboradores.

PUB

António Onofre, diretor do Luna Hotel Turismo, em Abrantes, falou ao mediotejo.net sobre a iniciativa de responsabilidade social, que segundo o próprio, acontece porque “está dentro da génese do grupo inserirmo-nos nas comunidades onde instalamos as nossas unidades hoteleiras”.

“Pensamos que temos de dar algo à comunidade, e uma das formas de dar o nosso contributo à sociedade é ajudar aqueles que mais precisam. E é dentro desse aspeto que surgiu a ideia da Árvore de Natal Solidária”, contextualizou, mostrando existir “um orgulho imenso em participar na iniciativa”, dando um Natal mais feliz às crianças e jovens envolvidos.

PUB

O responsável daquela unidade hoteleira acrescentou ainda que a iniciativa apenas se realizou nesta unidade de Abrantes e na unidade de Arcos de Valdevez, porque “estando o grupo muito radicado no Algarve, dada a sazonalidade, nesta altura maior parte das unidades estão fechadas. Por isso, só as unidades neste momento em funcionamento deram azo a este projeto”.

A Árvore Solidária do Hotel de Abrantes, com os presentes e o lanche ofertado às crianças e jovens, que puderam ter uma experiência agradável em vésperas de Natal. Foto: mediotejo.net

“O projeto iniciou-se com o contacto das instituições de solidariedade que trabalham com crianças, concretamente de Abrantes, perguntámos às crianças o que queriam receber, a criança escreveu depois num papelinho qual a prenda que gostaria de receber; as prendas foram colocadas na receção à disposição dos nossos clientes e colaboradores que tiravam um dos papelinhos e apadrinhavam uma criança. Adquiriram as prendas, e vinham entregá-las. Felizmente correu bem, e temos prendas para todos os meninos”, contou o diretor.

PUB

As cerca de 20 crianças puderam assim receber a prenda que desejaram, pela mão do Pai Natal, com uma farta barba branca e barriga improvisada, que veio auxiliar António Onofre na distribuição das mesmas, colocando sorrisos nos rostos dos meninos e meninas.

Foto: mediotejo.net

Na iniciativa estiveram membros das instituições responsáveis por estas duas respostas sociais auxiliadas, caso da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes, em representação do Lar Dr. Armando Moura Neves.

Alberto Margarido, provedor da instituição, disse ao mediotejo.net estar agradado com iniciativa do grupo hoteleiro. “Uma festa destas é sempre bem-vinda, é extremamente agradável para eles e para nós. Estas ações que podem parecer pontuais e pequeninas, acabam por ter um significado extremamente grande e é gratificante a comunidade local, e nomeadamente o Luna Hotel Turismo de Abrantes, lembrar-se deste gesto de solidariedade e amor nesta fase”, referiu, acrescentando ainda que “hoje em dia, só comida, não enche a barriga. São necessárias muitas mais preocupações no ensino, na maneira de estar, o pensar no futuro, o criar um projeto,…”.

Por sua vez, Inês Graça, diretora técnica do CAT (Centro de Acolhimento Temporário) Casa Clotilde de Vasconcelos (antiga Casa de São Miguel), em Alferrarede, com crianças dos 0 aos 15 anos, falou sobre o valor da iniciativa para as 12 crianças acolhidas.

Foto: mediotejo.net

Reconheceu que esta ação do grupo hoteleiro representa “um apoio, um reforço à nossa atuação para poder dar um Natal mais reconfortante às nossas crianças e jovens. É também um papel muito importante enquanto agente da comunidade, pois está a inseri-los na comunidade, a dar-lhes uma oportunidade de se sentirem as crianças de Abrantes”.

A diretora técnica referiu ainda que o Luna Hotel de Abrantes está a fazer “o seu papel social e a ajudar-nos a nós a fazer esta integração na sociedade”, sendo que esta ação é “fundamental” no desenvolvimento das crianças, “porque apesar de estarem acolhidos, não estão fechados. Portanto esta parte da inserção na comunidade é realmente muito importante para lhes trazer a normalidade possível, e dar-lhes a oportunidade de usufruir da época natalícia que é, no fundo, um direito de todos”, concluiu.

Foto: mediotejo.net

As crianças e jovens mostraram-se entusiasmados com os presentes recebidos, e a timidez inicial foi-se perdendo por entre o conforto do espaço, que numa cerimónia intimista, ajudou a aquecer um pouco mais os seus corações, por entre brinquedos, vestuário ou acessórios muito desejados, sob o olhar vigilante e protetor dos responsáveis das instituições, bem como da direção e colaboradores do hotel.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here