Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Maio 13, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Loja de Cidadão com atendimento presencial mas condicionado a marcação prévia

Desde o dia 1 de junho que todos os balcões dos vários serviços instalados na Loja de Cidadão, localizados na Rua Nossa Senhora da Conceição, em Abrantes, estão a funcionar com atendimento presencial. No entanto, o acesso dos cidadãos aos serviços continua condicionado a uma marcação prévia que pode ser feita por telefone ou por e-mail.

- Publicidade -

Esta reabertura gradual segue as regras da Agência Para a Modernização Administrativa (AMA), que é a entidade gestora da rede das Lojas de Cidadão, e as orientações e medidas de prevenção das autoridades de saúde pública por forma a evitar a aglomeração de pessoas em espaços fechados e para prevenir o aumento de números de casos covid-19.

O atendimento presencial, por marcação prévia, é condicionado a algumas regras, como o uso obrigatório de máscara, distância mínima de dois metros e a higienização das mãos.

- Publicidade -

A entrada no edifício será feita pela porta principal (junto à Unidade de Saúde Familiar) e a espera é feita no exterior respeitando a distância mínima de segurança de dois metros entre pessoas.

Relativamente aos serviços da Câmara e dos Serviços Municipalizados, o Município de Abrantes apela aos cidadãos que preferencialmente recorram à modalidade dos serviços online, através da plataforma Abrantes360: https://abrantes360.cm-abrantes.pt/, evitando deslocações.

Os balcões da Autoridade Tributária e da Segurança Social mantêm o atendimento presencial, mas sempre sujeito a marcação prévia, antes da deslocação ao espaço físico que, sempre que possível deve ser evitada. Nestes casos, apela-se também que seja priorizado o recurso às plataformas online.

Contactos para marcação prévia de atendimento presencial:

Autoridade Tributária
Contacto telefónico para marcação – 217 206 707 (CAT) | 241 379 790 (Local) | 241 379 799 (Fax)
Correio eletrónico – sf1929@at.gov.pt
Serviços online e mais informações – e-balcão (através do portal das Finanças https://www.portaldasfinancas.gov.pt/)

Instituto da Segurança Social

Contacto telefónico para marcação – Linha Segurança Social 300 502 502
Correio eletrónico distrital – CDSSSantarém@seg-social.pt.
Serviços online da Segurança Social Direta e mais informações – www.seg-social.pt

Espaço Cidadão

Contacto telefónico para marcação – 241 330 100 +tecla 8 +tecla 8
Correio eletrónico – edc.abrantes@ama.pt
Serviços online e mais informações: https://eportugal.gov.pt/

Câmara Municipal (atendimento presencial na Loja de Cidadão e no edifício da Praça Raimundo Soares)

Contacto telefónico para marcação – 241 330 212
Correio eletrónico – geral@cm-abrantes.pt
Serviços online – https://abrantes360.cm-abrantes.pt/
Mais informações – www.cm-abrantes.pt | 241 330 213 | 241 330 100 +tecla 8 +tecla 6

Serviços Municipalizados (atendimento presencial na Loja de Cidadão e no edifício da Praça Raimundo Soares e nos SMA – Zona Industrial Norte)

Contacto telefónico para marcação nos SMA – 241 360 120
Contacto telefónico para marcação na Câmara Municipal e na Loja de Cidadão – 241 330 212
Correio eletrónico – geral@smabrantes.pt
Serviços online – https://abrantes360.cm-abrantes.pt/
Mais informações www.smabrantes.pt | 241360123

Mais informações e marcações – AMA – Portal e-Portugal:

Centro de contacto cidadão: 300 003 990

Centro de Contacto empresas: 300 003 980

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome