Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Jurou-se amor à Pátria no Jardim da República (c/ fotogaleria)

Os soldados recrutas do quarto curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2017 gritaram alto “juro” perante o Estandarte Nacional esta sexta-feira, dia 21, no Jardim da República. O Juramento de Bandeira dos formandos do Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) decorreu durante a manhã perante os olhares de muitos familiares e amigos.

- Publicidade -

A cerimónia militar foi presidida pelo Comandante das Forças Terrestres, Major-General Fernando Cóias Ferreira, em substituição do Tenente-General António de Faria Menezes. Entre as diversas individualidades civis e militares da comitiva estiveram a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, e o Comandante do RAME, Coronel de Artilharia César Reis.

Major-General Fernando Cóias Ferreira e Coronel de Artilharia César Reis. Foto: DR

- Publicidade -

Os 43 homens e 19 mulheres incorporados no RAME no passado dia 19 de junho ouviram as locuções iniciadas pelo responsável do pelotão de formandos, comandante Nuno Ribeiro, que estabeleceu a ponte entre o passado, o presente e o futuro. Os antigos combatentes e os militares em missão no estrangeiro foram lembrados neste dia simbólico, assim como as palavras de Camões: “esta é a ditosa Pátria minha amada”, lema das Forças Armadas Portuguesas.

O programa oficial teve continuidade com a entrega do prémio ao soldado que mais se distinguiu no período de formação. Pedro Vicente obteve 17,57 valores e foi reconhecido publicamente na presença dos pais, do Major-General Fernando Cóias Ferreira e do Coronel de Artilharia César Reis. Seguiu-se a leitura dos deveres militares pelo chefe da Secretaria do Comando, Sargento-Chefe José Claro e chegou o momento mais esperado em que os soldados recrutas juraram o seu amor à Pátria.

O soldado recruta Pedro Vicente distinguiu-se no curso de formação com 17,57 valores. Foto: mediotejo.net

O desfile em parada com os diversos pelotões foi aberto pelo 2º Comandante do RAME, o Tenente-Coronel de Infantaria António Ferreira e a cerimónia terminou no Jardim da República com a atuação da Banda do Exército. Os militares e respetivos familiares e amigos seguiram para o Quartel de São Lourenço, sede operacional do RAME, onde se realizou a cerimónia de imposição de boinas.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome