Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Abrantes | Jornadas Sociais e o Desenvolvimento Sustentável dias 23 e 24

Sob o mote dos 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, instituída pelas Nações Unidas, vão realizar-se em Abrantes as Jornadas Sociais na terça e quarta-feira, dias 23 e 24 de maio, numa organização da Câmara Municipal.

- Publicidade -

O programa de atividades decorre na sala de projeção de cinema do Edifício Millennium, no bairro residencial de Vale de Rãs, onde se concentra o projeto de intervenção social, “Bairro ConVida”.

Em nota de imprensa, a autarquia refere que as Jornadas “têm por base o compromisso à reflexão e ao debate sobre o exercício da cidadania para as várias dimensões do desenvolvimento sustentável (social, económico, ambiental), refletido nos objetivos do Plano Estratégico ABRANTES@2020, no Plano de Desenvolvimento Social e no Plano Municipal para a Cidadania, Igualdade de Género e Não Discriminação”.

- Publicidade -

Os trabalhos arrancam na terça-feira, dia 23, com a abertura oficial pela presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, e pela secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino.

Neste primeiro dia, a autarquia destaca ainda a presença de Mafalda Ribeiro (https://www.facebook.com/ribeiromafalda), “a mulher da doença dos ossos de vidro que vive agarrada a uma cadeira de rodas, mas que tem uma força de viver inigualável”.

Mafalda Ribeiro participará num painel sobre inclusão e cultura de paz, conjuntamente com representantes do movimento juvenil  “Juventude Mariana Vicentina”. Um workshop sobre inteligência emocional, por Ricardo Cabete e uma intervenção sobre a Carrinha do Cidadão, um dos projetos vencedores do 1º Orçamento Participativo de Abrantes, que pretende percorrer as freguesias a norte do concelho prestando o auxílio necessário às populações em diversas vertentes, completam o primeiro dia do programa.

Para o dia 24, destaque para um painel sobre Cidadania, Responsabilidade Social e Voluntariado, a partir do qual serão apresentados projetos como, a “Escola dos Sorrisos e do Esquecimento”, do Centro de Apoio a Idosos da freguesia de Rio de Moinhos, e o projeto Coordenadas para a Cidadania Global. Incluirá uma intervenção de representante da PEGOP e do operador de turismo solidário, “ImpacTrip”.

Um segundo painel terá como tema o “Impacto Social – mobilizar, partilhar e reforçar parcerias”, no qual serão apresentados os projetos Pay it Forward Portugal (em português conhecido como “Favores em cadeia”), o “Bairro ConVida” (Município de Abrantes), “Deixa o Bullying Só!”, um projeto de alerta e de prevenção do Bullying em contexto escolar, da autoria do músico João Só (que estará presente), desenvolvido em parceria com a empresa Betweien, Lda. (http://www.deixaobullyingso.com/) e a Carrinha da Cidadania.

As Jornadas culminarão com a realização de uma feira mostra sobre “Cooperação e Desenvolvimento” e com a presença no local da Carrinha da Cidadania, uma iniciativa da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade em parceria com a ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local. Disponibiliza informação e, através dos técnicos que a acompanham, sensibiliza para o debate junto das comunidades locais sobre temas que fazem parte da sociedade atual, como questões relacionadas com saúde, qualidade de vida, combate às desigualdades, educação para a cidadania, sustentabilidade, inclusão, trabalho e crescimento económico.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here