Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Homenagem ao primeiro diretor da D. Miguel de Almeida no cinquentenário da Escola

No âmbito dos 50 anos da Escola Básica D. Miguel de Almeida, em Abrantes, realizou-se na quarta-feira, no antigo Ciclo Preparatório, uma homenagem ao primeiro diretor da escola, Vítor Marques, cerimónia que contou com a presença de vários ilustres entre eles a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque e o diretor do Agrupamento de Escolas nº1 de Abrantes, Jorge Costa.

- Publicidade -

Professor, pedagogo, escultor, abraçou causas cívicas, culturais (jornadas culturais, cineclube) e sociais. Um legado de 30 anos que marcou uma época e uma geração e que fica agora memorizado na Escola D. Miguel de Almeida, com a atribuição do nome Vitor Marques à sala polivalente.

Homenagem ao primeiro diretor da D. Miguel de Almeida no cinquentenário da Escola. Créditos: CMA

- Publicidade -

Impossibilitado de estar presente, por motivos de saúde, o homenageado foi evocado pelos diversos oradores.

Vitor Marques Chegou a Abrantes em 1960, como docente da Escola Industrial e Comercial de Abrantes (EICA), da qual foi sub-diretor, cabendo-lhe também a responsabilidade da direção da secção da EICA no Tramagal. Foi professor de desenho no Colégio La Salle, instalador e organizador da secção do Sardoal da Escola D. Miguel de Almeida. Esteve no epicentro da abertura de várias escolas preparatórias da região, como Ponte de Sor e Almeirim.

Como escultor, destaca-se, sendo da sua autoria, a conceção artística do monumento de homenagem ao Dr. Manuel Fernandes, localizado na rotunda do Alto de Santo António.

Foi ainda vereador da Câmara de Abrantes entre 1977 e 1980.

Escola D. Miguel de Almeida classificada como Escola Amiga da Criança

Dois dias depois, na manhã desta sexta-feira, 14 de dezembro, descerrou-se na mesma escola a placa “Escola Amiga da Criança”, onde compareceu a vereadora da Câmara com pelouro da Educação, Celeste Simão, bem como o diretor Jorge Costa.
.
No ano letivo 2017/18, os alunos das turmas A e B, do 5º ano, estiveram envolvidos no projeto “Sing the Word”, tendo participado na 1ª edição do concurso “Escola Amiga da Criança”, promovido pela CONFAP – Confederação Nacional das Associações de Pais e LeYa, tendo sido distinguidos com o selo na categoria de envolvimento da família e comunidade educativa.

Escola D. Miguel de Almeida classificada como Escola Amiga da Criança. Créditos: CMA

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome