Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Junho 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes homenageia escolas públicas no Dia da Cidade com a Medalha de Mérito Municipal

A Câmara Municipal de Abrantes vai atribuir a Medalha de Mérito Municipal às escolas públicas do concelho no Dia da Cidade, 14 de junho, em reconhecimento do “espírito de resiliência, competência e capacidade de adaptação” que as comunidades escolares demonstraram durante o contexto da pandemia.

- Publicidade -

O executivo da Câmara Municipal de Abrantes aprovou por unanimidade a proposta de atribuição de Medalha de Mérito Municipal às Escolas do Concelho de Abrantes. A Medalha vai ser entregue no dia 14 de junho, Dia da Cidade.

Na justificação desta proposta, o presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos (PS) lembrou que o ano passado o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) foi o merecedor de tal distinção, pelo trabalho desenvolvido de resposta à pandemia e pela prestação de serviços continuados à comunidade onde se insere.

- Publicidade -

Em 2019 a distinção incidiu sobre o Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME), instituição que desenvolve o seu trabalho a nível nacional a partir do quartel base instalado na cidade.

A Medalha de Mérito Municipal é uma forma de homenagear as escolas – no caso os Agrupamentos de Escolas nº1 e nº2 de Abrantes, a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes e a Universidade Aberta – pela sua ação também durante a pandemia, “num período de excecional dificuldade que há mais de um ano vivemos por força de uma pandemia global com efeitos negativos em todas as áreas da nossa vida coletiva”, referiu o presidente da Câmara.

Manuel Jorge Valamatos falou de valores de união, comunitários, transmitidos também pela escola, “no papel que as instituições educativas tiveram e continuam a ter na educação formal e cívica de tantas gerações de abrantinos. As instituições escolares de Abrantes têm sido um fator de coesão social, de unidade na diversidade e de integração”.

O Município de Abrantes “tem uma ligação histórica de grande colaboração com instituições educativas do concelho que sai reforçada por força dos desafios que a pandemia nos colocou […] temos a completa noção do trabalho escolar de grande mérito realizado nos superiores interesses da nossa comunidade escolar”, disse Manuel Valamatos.

O presidente lembrou que durante a pandemia foi colocada às escolas “uma série de desafios sem precedentes. As circunstâncias ditaram que num período crucial do desenvolvimento educativo e social de centenas de alunos do nosso concelho o normal funcionamento das escolas fosse colocado em causa. Em diversos períodos as escolas estiveram fechadas, foi introduzida a telescola e as aulas virtuais, com todas as dificuldades inerentes a adoção forçada de um processo para o qual nenhuma comunidade escolar estava preparada”.

O autarca destacou ainda “grande espírito de resiliência, competência e capacidade de adaptação, e com a união de que Abrantes é feita foi possível continuar a desenvolver a atividade escolar”.

ÁUDIO: PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES

O programa do Dia da Cidade será restrito devido à atual situação de pandemia e não terão lugar, pelo segundo ano consecutivo, as Festas de Abrantes, realizando-se, à semelhança do ano passado, as cerimónias oficiais. 

Dia da Cidade – 14 de junho – cerimónia oficial na Praça Raimundo Soares

Homenagem aos trabalhadores com 25 anos de serviço e aposentados (incluindo já os trabalhadores das escolas que a Autarquia assumiu com a transferência de competências).

Homenagem de reconhecimento às escolas publicas do concelho de Abrantes com a atribuição de Medalha de Mérito Municipal. Serão entregues às seguintes escolas e agrupamentos: Agrupamento de Escolas N.º 1 de Abrantes; Agrupamento de Escolas N.º 2 de Abrantes; Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes (EPDRA); Escola
Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) e  Centro Local de Aprendizagem de Abrantes – Universidade Aberta.

Inaugurações no dia 14 de junho

Adaptação da Igreja de Santa Maria do Castelo para instalação da Museografia e Arquitetura expositiva do Panteão dos Almeida em Abrantes

Obras de Conservação e Restauro do Património Integrado da Igreja de São Vicente

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome