- Publicidade -

Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Governo português confirma ser Tomás Alcaravela o estudante encontrado morto na República Checa

As autoridades policiais da República Checa confirmaram à Embaixada de Portugal em Praga ser do abrantino Tomás Alcaravela o corpo encontrado ontem junto ao local de residência do estudante desaparecido durante o fim-de-semana, avança ao mediotejo.net a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

- Publicidade -

“O Embaixador de Portugal naquele país já se encontrou com os familiares do jovem, a quem o Governo português envia as suas condolências”, refere ainda a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, acrescentando que “estão em Pilsen elementos da Embaixada e da Secção Consular, a fim de prestarem o apoio necessário às autoridades checas e à família do cidadão nacional falecido”.

O estudante de Medicina na República Checa, de 20 anos, e que estava desaparecido desde a madrugada de sábado, foi esta segunda-feira à noite encontrado morto num saguão no prédio onde residia, na cidade Plzen, na República Checa.

- Publicidade -

De acordo com o jornal checo ‘Krimi Plzen’, o óbito foi declarado local. O jovem morava num apartamento no último andar do prédio e uma janela do seu apartamento dava acesso direto a um saguão com uma claraboia, e foi no fundo desse espaço, semelhante a um poço, que o corpo foi encontrado, já sem vida.

Segundo os seus amigos, o jovem esteve desaparecido desde a madrugada de sábado, após a ida a uma discoteca, e foi visto a entrar no apartamento, por volta das 05h00.

Os amigos contactaram as autoridades locais no domingo a dar conta deste desaparecimento, após se aperceberem que ele não esteve contactável desde que entrara no apartamento, na madrugada de sábado.

Além da polícia e das associações de estudantes, os amigos comunicaram este desaparecimento à Embaixada de Portugal em Praga. As autoridades estão agora a investigar o caso, nomeadamente a causa da morte, tendo sido decretada por um juiz a necessidade da realização de uma autópsia, para apurar a identidade e investigar o que terá acontecido, avança o mesmo jornal checo.

Não há ainda, por isso, uma data fixada para as cerimónias fúnebres.

Natural de Abrantes, Tomás Manuel Calado Bernardo Maia Alcaravela nasceu a 30 de maio de 2001 e é filho do médico cardiologista abrantino Jorge Alcaravela e neto de Silvino Alcaravela, que foi administrador do Hospital de Abrantes.

O mediotejo.net apresenta sentidas condolências à sua família e amigos.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome