PUB

Abrantes | GETAS vão ‘desconcertar’ Cineteatro S. Pedro na sexta à noite

O Getas – Associação Cultural de Sardoal sobe ao palco do Cineteatro S. Pedro, em Abrantes, esta sexta-feira, dia 11 de novembro, pelas 21h30, para apresentar a peça “O Desconcerto”, depois de ter esgotado por duas vezes o grande auditório do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal.

PUB

A peça conta uma divertida história retirada do texto do alemão Karl Velentin, (comediante, autor e produtor de cinema), passada numa taberna muito animada, com um maestro meio desajeitado e uma banda filarmónica cujos músicos pouco ou nada entendem de música, preferindo comer e beber. Mas há também os proprietários da taberna que contrataram a banda e que, vendo o prejuízo que esta lhes está a dar, contratam um afamado fadista. Há ainda uma boneca que canta ópera, mas que está sempre a perder a corda e um toiro que invade o espetáculo investindo sobre o maestro.

Este é um trabalho com encenação de Cristina Curado, Diamantino Costa e Paulo Costa.

PUB

O bilhete custa 5 euros e está à venda no Welcome Center de Abrantes (loja de turismo), no Largo 1º de Maio ou no Cineteatro S. Pedro no dia do espetáculo.

 

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).