Abrantes | Funeral do artista Mário Rui Cordeiro esta quarta-feira em Santa Margarida

Mário Rui Cordeiro nasceu em Santa Margarida/Constância no dia 28 de outubro de 1950. Cedo adotou Abrantes como a cidade da sua vida. Foto: DR

O funeral de Mário Rui Cordeiro realiza-se esta quarta-feira, às 10:00, na Igreja de Santa Margarida da Coutada, Constância, de onde segue para o cemitério local, onde está sepultada a sua mãe. “Era um desejo expresso do Mário Rui ir para junto da sua mãe, que está sepultada em Santa Margarida, quando chegasse a sua hora”, contou a família ao mediotejo.net. O corpo do poeta e pintor está a partir das 15:00 desta terça-feira em Câmara ardente na Casa Mortuária de Santa Margarida. O executivo da Câmara Municipal de Abrantes, cidade de adoção, aprovou hoje um voto de pesar pela morte de Mário Rui.

PUB

A cidade de Abrantes acordou no sábado com a notícia da morte de Mário Cordeiro, cidade que adotou desde muito novo, sendo natural de Santa Margarida. Um sentimento de perda e de tristeza num dia que acordou, também ele, vestido de tons de cinzento. Mário Rui Cordeiro era livros, era desassossego, era ruas floridas, era Abrantes. Era uma das referências artísticas e culturais do concelho. Tinha 66 anos [nasceu em Santa Margarida/Constância no dia 28 de outubro de 1950]. Poeta, pintor, desenhador e encadernador, o Mário Rui era desassossegado e desassossegador.

Muito debilitado fisicamente, nos últimos anos, os locais que frequentava notaram a sua ausência nos últimos dias. Os bombeiros foram encontrá-lo na sexta-feira à noite, em sua casa, já cadáver.  A autópsia realizou-se esta terça-feira, dia em que libertaram o corpo de Mário, disse ao mediotejo.net fonte próxima da família, estando o corpo em câmara ardente na casa mortuária de Santa Margarida até à hora das cerimónias fúnebres.

PUB

O funeral realiza-se na quarta-feira, às 10:00. “Era um desejo expresso do Mário Rui Cordeiro ir para o cemitério de Santa Margarida, onde está sepultada a sua mãe”, disse a mesma fonte. A Câmara de Abrantes, que reuniu hoje em sede de executivo, aprovou um voto de pesar pela morte de Mário Rui Cordeiro.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here