- Publicidade -

Abrantes | Fuga para a vitória de Iker Bonillo na Volta a Portugal de Cadetes (C/ Fotogaleria)

Abrantes recebeu na sexta-feira, 2 de agosto, a partida e a chegada da primeira etapa da 12ª edição da Volta a Portugal de Cadetes. Os ciclistas, com idades entre os 14 e os 16 anos, percorreram os 83,5 quilómetros num traçado completamente desenhado no concelho abrantino.

- Publicidade -

Debaixo dum sol impiedoso o pelotão começou por rolar compacto nos primeiros quilómetros mas o técnico Joaquim Ferreira, da equipa Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel – E.C. Car, inconformado com o rumo dos acontecimentos, fez saltar João Gomes que passou a correr em solitário. Após a passagem de Concavada um quinteto saltou do pelotão no encalço de João Gomes que foi alcançado antes da Meta Volante em Pego.

João Gomes (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel – E.C. Car) abriu as hostilidades.

- Publicidade -

Esta meta intermédia na aldeia das casas baixas já foi discutida em sexteto sendo Diogo Sousinha (Lousa) o mais rápido à frente de Iker Bonilla e Flávio Maurício.
Apesar da perseguição dos galegos da equipa Hotel Tres Ancias-Ulb-Ms a fuga ia cimentando a vantagem que nunca chegou aos três minutos.

A passagem por Bemposta ficou marcada pela queda de Hugo Cruz (BMC/ Póvoa de Varzim/CDC Navais) que obrigou ao abandono e a assistência hospitalar.
Pouco depois a Meta de Montanha teve em Iker Bonillo, da equipa Gimenez Ganga-Primoti-Tocobik, o vencedor, secundado por Flávio Maurício e Diogo Sousinha que na companhia de Lucas Lopes deixavam dois colegas de fuga para trás, em posição intermédia.

Fuga, aqui liderada por Iker Bonillo, valeu a camisola amarela.

À passagem por Tramagal o quarteto em fuga mantinha a vantagem para o pelotão que já havia absorvido os ciclistas perseguidores.

Na meta, em Abrantes, Iker Bonilla foi mais forte que os companheiros de fuga e venceu a etapa, seguido de Flávio Maurício, Diogo Sousinha e Lucas Lopes.

O pelotão chegou um minuto e vinte e um segundos depois com Sérgio Saleiro a liderar.
Com o forte andamento a fazer “mossa” muitos ciclistas chegaram para lá do tempo limite mas o Colégio de Comissários, a pedido da Organização, resolveu admitir todos à partida da segunda etapa.

Muitos ciclistas chegaram fora do controlo.
Foram repescados.

Fuga bem atacada valeu a camisola amarela a Iker Bonillo (Gimenez Ganga-Primoti-Tocobik) a que juntou a dos Pontos e Montanha.

A camisola branca (cadetes de primeiro ano) vai viajar no corpo de António Morgado (Anipura-GDM-Escola Alexandre Ruas). A Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact lidera por equipas.

Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact.

Este sábado corre-se a segunda etapa num circuito a percorrer por duas vezes num total de 80 quilómetros com início e final em Castelo de Vide. A 1800 metros do final o Prémio de Montanha poderá trazer surpresas à classificação. A terceira e última etapa corre-se no domingo entre Tomar e Ourém.

FOTOGALERIA:

*Com David Belém Pereira (fotos).

12.ª Volta a Portugal de Cadetes – Etapa 1

A 12.ª Volta a Portugal de Cadetes começou com uma etapa em redor de Abrantes. Recorde, neste vídeo, os melhores momentos da jornada.

Publicado por UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo em Sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -