Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Festividades em Alferrarede Velha este fim de semana

O X Festival de Folclore, o VIII Encontro de Grupos de Dança e a II Feira de Artesanato decorrem de 31 de agosto a 2 de setembro em Alferrarede Velha, concelho de Abrantes. Os festejos arrancam esta sexta-feira às 18h30 com a abertura da II Feira de Artesanato, havendo bailarico com David Alves às 22h00.

- Publicidade -

Sábado (dia 1) a festa começa às 09h00 com uma caminhada (concentração a partir das 08h30) e depois às 15h00 com a concentração dos grupos no X Festival de Folclore. As atuações acontecem a partir das 18h45 com o Rancho Folclórico do Centro Cívico, o Rancho Folclórico de São Tiago (Mirandela), o Grupo Etnográfico de Danças e Cantares da Freguesia de Mioma (Satão) e o Rancho Folclórico de Penedo (Batalha). O baile começa às 22h00 com Graciano Ricardo.

Domingo (dia 2) tem lugar o VIII Encontro de Grupos de Dança a começar às 18h45. Atuam o Grupo de Dança do Centro Cívico e o Grupo de Cantares ‘Brisa do Tejo’. Para exercitar os mais desportistas, uma aula de Zumba com Joana Teixeira e Inês Santos. O grupo musical F&M anima o baile a partir das 21h30.

- Publicidade -

O arraial popular conta também com uma exposição permanentes, animação com touro mecânico e serviço de restaurante e quermesse a funcionar a partir das 20h00.

 

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome