- Publicidade -

Abrantes | Festival Live Tejo traz música à aldeia de Rio de Moinhos

A terceira edição do festival Live Tejo – a música na aldeia, decorre no fim de semana, dias 20 e 21 de julho, em Rio de Moinhos. O evento organizado pela associação Remoinhos d’Água tem como cabeças de cartaz o rapper Domi e o Dj RIOT.

- Publicidade -

Tendo o desenvolvimento do associativismo juvenil, a sua formação em comunidade e a integração social como objetivos, a Remoinhos d’Água traz de volta a música à aldeia de Rio de Moinhos, num evento que tem início no dia 20 de julho, com as atuações do Dj Pantaleão e do Dj Sérgio B.

No grande dia do festival, o dia 21, em primeiro lugar, atuam os Lizard Crew, um grupo de amigos que tem como objetivo proporcionar noites “únicas e alternativas” aos seus ouvintes. Após esta atuação, é a vez do rapper Domi, jovem algarvio de apenas 19 anos que se tem afigurado no panorama do Hip-Hop nacional, subir a palco. Para encerrar a noite, juntamente com o evento, os festivaleiros podem contar com a atuação do Dj RIOT, o qual promete agradar a todos os gostos do público através de uma viagem pelas sonoridades urbanas mais recentes.

- Publicidade -

No dia 20 a entrada é livre, enquanto que a entrada no recinto no dia 21 carece da aquisição de pulseira junto da associação Remoinhos d’Água.

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).