- Publicidade -

Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Festival de Filosofia com reflexão e debates até este domingo

O Festival de Filosofia de Abrantes e Sardoal convida a refletir até este domingo sobre temas da atualidade nos debates, momentos culturais e atividades escolares que se principiaram no dia 10 e que esta tarde de sábado vai ter Jean-Louis Schlegel a questionar o radicalismo religioso em “Pourquoi la radicalité religieuse au début du XXI° siècle?”, tendo como comentador Mário Pissarra, pelas 15h00, no edifício Pirâmide.

- Publicidade -

O dia de hoje começou com a comunicação de Faranaz Keshavjee sobre “O problema das hegemonias religiosas na construção do sujeito democrático” comentada por José Alves Jana.

A religião continua em destaque nas intervenções da tarde com Khalid D. Jamal a abordar “O Islão no Séc. XXI: Quo Vadis?” e Anselmo Borges “Francisco e o diálogo ecuménico e inter-religioso” a partir das 17h30. O dia termina com a mesa redonda que junta Alexandre Honrado, Marco Oliveira e Rachid Ismael pelas 21h30. O último palestrante do evento é Onésimo Teotónio Almeida, que lança a questão “O regresso dos valores – ou que valores nos restam?” a partir das 15h00 de domingo, dia 19.

- Publicidade -

A iniciativa de 10 dias, que culmina este domingo, é organizada em parceria pelos municípios de Abrantes e Sardoal, o Clube de Filosofia de Abrantes e a Associação Palha de Abrantes sob o mote “O regresso da História: a crise da democracia e o autoritarismo, a religião e os radicalismos”.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome