Abrantes | Feira do Petisco e Artesanato do Pego para preservar as tradições

A Feira do Petisco e Artesanato Pegacho realiza-se nos dias 13, 14 e 15 de setembro, a partir das 19h00, no Largo das Festas do Pego, freguesia do concelho de Abrantes. As associações da freguesia do Pego vão servir os famosos petiscos da Aldeia das Casas Baixas como o bucho e tripa, enchidos, grelhados à base de carne de porco (coração, febras, fígado, entrecosto, entremeada e língua), entre outros.

PUB

Entre os tradicionais petiscos não podem faltar as migas carvoeiras e as migas de couve com feijão bem como sopa de couve com feijão, arroz de tripas, peixe do rio, entre outras iguarias. Nos doces, o destaque vai para o arroz doce e os coscorões com o café da “esculteira”. Por seu lado, a associação de jovens servirá bebidas tropicais (como gins e caipirinhas).

Os artesãos pegachos quiseram transformar esta feira do petisco em feira mostra e, juntando-se às associações, apresentam, no decorrer do evento, o seu artesanato, com animação musical durante os três dias do certame.

PUB

A aldeia do Pego tem como cartaz de visita “o bem comer e o bem receber” e esta feira pretende ser uma forma de mostrar a todos os visitantes que o Pego mantém vivas as suas tradições.

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).