Abrantes | Exposição ‘Quando as árvores cantam…’ na Biblioteca Municipal

Paulo Alves no atelier AMARTE. Foto: mediotejo.net

A Exposição ‘Quando as árvores cantam…’, de Paulo Alves, inaugura esta sexta-feira, dia 10 de janeiro, para ficar em Abrantes na Biblioteca Municipal António Botto até dia 29 de fevereiro. ‘Quando as árvores cantam…’ é uma exposição de ilustração constituída pelos desenhos originais incluídos no livro ‘A árvore cantante’, de Paulo Alves, vencedor do Prémio Literário do Médio Tejo 2018, em não-ficção.

PUB

Com aguarelas num estilo solto, quase arbitrário, que fogem ao estilo rigoroso e científico a que Paulo nos habituou, são também apresentadas ilustrações científicas de avifauna, mostrando esse contraste de estilos. Apesar de díspares entre si todas as obras expostas são fruto da observação e contacto direto com a natureza, mesmo a mais urbana e humanizada, onde a árvore cantante retorcida e muda cresce e se transforma.

Paulo Alves Nasceu em Abrantes em 1989. Em criança desenvolveu uma enorme paixão pelo meio natural. Aos 12 anos comprava os seus primeiros binóculos e saía de casa para observar aves, motivado pela curiosidade de saber mais e mais sobre a ornitologia. Iniciava-se assim na prática do birdwatching. Esse fascínio pelos seres alados juntou forças com a aptidão para o desenho e, enquanto devorava livros ilustrados pelos seus artistas prediletos, dava os primeiros traços a carvão e só mais tarde usou a cor, tendo a aguarela e o acrílico como meios artísticos preferenciais.

PUB

Atualmente, para além de ilustrador freelancer, trabalha como consultor ambiental em projetos de conservação e monitorização de aves migradoras que já o levaram a países como o Egito, a Indonésia ou o Djibuti.

A entrada é livre.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here