Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Outubro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Escultor Santos Lopes sorteou obra para agradecer apoio no OPP

O escultor Santos Lopes, natural de Abrantes e radicado no Brasil há cerca de 40 anos, sorteou uma das suas telas entre as pessoas que o apoiaram no projeto “A Vida o Outono e o Vinho”, com que concorreu ao Orçamento Participativo Portugal (OPP). Eugénia S. Morais Sousa, residente em Bragança, foi a contemplada com a obra “Meu coração nada mais quer que a melodia que em ti há”.

- Publicidade -

O projeto caraterizado como um “hino à vida” e uma homenagem à região através de textos, fotografias, esculturas e montagens conceptuais não esteve entre os vencedores anunciados em outubro. Pouco antes, o artista anunciou que iria agradecer de forma simbólica a quem votou e o sorteio realizou-se no passado dia 22 de dezembro, sábado, no São Lourenço by Trincanela.

Obra “Meu coração nada mais quer que a melodia que em ti há”, de Santos Lopes. Foto: Santos Lopes

- Publicidade -

O mediotejo.net conversou com Santos Lopes na altura em que o projeto “A Vida o Outono e o Vinho” estava em votação, ficando a conhecer o artista e a obra. Uma entrevista que pode (re)ler aqui.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome