- Publicidade -

Abrantes | Equipamentos desportivos e culturais reabriram ao público

Já reabriram ao público equipamentos desportivos e culturais do Município de Abrantes, dando seguimento à segunda fase do plano de desconfinamento e das medidas apresentadas pelo Governo, no cumprimento das regras da Direção-Geral da Saúde.

- Publicidade -

Assim reabriram os seguintes equipamentos desportivos:
– Campos de Padel;
– Pista de Atletismo;
– Complexo Municipal de Piscinas (com as atividades natação Nível 0, Nível 1, Nível 2, Nível 3, Nível 4 e Natação Adulto; Adaptação ao meio aquático adulto; utilização livre e para Clubes/Associações Desportivas).
As instalações desportivas encerram às 21h00, durante a semana, e às 13h00, aos sábados, domingos e feriados.

E também equipamentos culturais:
– Welcome Center;
– Castelo/Fortaleza;
– Museu da Metalúrgica Duarte Ferreira – reabriu esta quarta-feira, dia 7 de abril, funcionando de 4ª a domingo, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Neste momento e tendo em conta o plano de desconfinamento, encerra aos sábados, domingos e feriados às 13h00. As visitas funcionam com marcação prévia que poderá ser feita através do 968 504 601 ou pelo e-mail museumdf@cm-abrantes.pt;
– Biblioteca Municipal António Botto: aberto ao público das 9h00 às 15h00, de segunda a sexta-feira;
– Arquivo Municipal Eduardo Campos: aberto ao público das 9h00 e as 12h30 e das 14h00 às 17h30, de segunda a sexta-feira.

- Publicidade -

A Igreja de Santa Maria do Castelo mantém-se encerrada por motivos de obras.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -