Abrantes: Empresários da região visitaram centros de tecnologia do Tagusvalley

Visita dos empresários da região aos centros de transferência de tecnologia instalados no Tagusvalley, em Abrantes (Foto: CMAbrantes)

No seguimento de um convite da NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, diversas empresas e entidades da região do Ribatejo visitaram os centros de transferência de tecnologia instalados no Tagusvalley, em Alferrarede, Abrantes.

PUB

A visita decorreu no passado dia 14 de abril e, segundo refere a autarquia de Abrantes em nota de imprensa, “participantes puderam inteirar-se da capacidade instalada nos dois centros de transferência de tecnologia integrados e da oferta de respostas efetivas às necessidades das empresas e da indústria, relativamente a novos produtos, implementação de novas tecnologias nos processos, introdução de melhorias, reconversão de produtos ou de processos já existentes”.

O INOV’LINEA centra-se na aplicação das novas tecnologias no setor alimentar e no desenvolvimento de novos produtos, nomeadamente através da utilização das mais recentes técnicas de conservação. Já o LINE.IPT é um dos centros de investigação aplicada mais bem equipados do país, estando vocacionado para as indústrias de produção, cujas áreas preferenciais de atuação são a engenharia mecânica, automação, eletrónica e informática.

PUB

Antes da visita às instalações, teve lugar uma receção pela presidente da Direção da NERSANT (parceiro fundador do Tagusvalley), Maria Salomé Rafael, e pela presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, que também preside à Direção da entidade gestora do Parque.

abrantes_visita empresarios Tagusvalley
Maria Salomé Rafael, presidente da Direção da NERSANT, e Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes que também preside à Direção da entidade gestora do Parque, falaram com os empresários antes da visita às instalações do Tagusvalley (Foto: CMAbrantes)

Maria Salomé Rafael salientou o empenho em aproximar as empresas associadas da NERSANT ao Parque Tecnológico; “para acrescentar valor à economia da região e à promoção do emprego”.

PUB

Maria do Céu Albuquerque passou em revista os 10 anos de atividade do Parque e sublinhou a importância do trabalho em rede com entidades externas e a ligação efetiva aos centros de conhecimento: Institutos Politécnicos de Tomar e de Santarém e universidades.

A presidente da autarquia de Abrantes focou também os resultados operados na incubadora de empresas: desde 2010, o INOV.POINT, Centro de Inovação e Desenvolvimento Empresarial, impulsionou o aparecimento de mais de uma centena de projetos, que resultaram em quatro dezenas de novas empresas no Médio Tejo, acrescentando valor à economia e criando postos de trabalhos. Atualmente conta com 24 empresas residentes. Ainda recentemente a COMPTA, empresa mais antiga do país a trabalhar nas várias áreas das tecnologias, ali instalou uma delegação para as futuras “start ups” criadas no âmbito da plataforma Lusídeias.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here