- Publicidade -

Abrantes | Empresa Xtejo expande negócio para veículos elétricos no Parque Industrial

A candidatura apresentada pela empresa Xtejo Comércio Automóveis, Unipessoal Lda para aquisição de lote no Parque Industrial de Abrantes- Zona Industrial Norte, com área de 1.500 metros quadrados, foi aprovada na terça-feira, pela Câmara Municipal.

- Publicidade -

A empresa já se encontra instalada no Parque Industrial e propõe-se agora expandir a sua atividade através da instalação de um posto de abastecimento de veículos elétricos e serviço de assistência técnica aos mesmos, “num investimento de 150 mil euros”, avançou o presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos.

Será o primeiro operador do Médio Tejo a dar essa resposta, estando a empresa já capacitada, quer ao nível dos recursos humanos, quer ao nível das infraestruturas.

- Publicidade -

A XTejo é uma empresa concessionária multimarca, com oficina, venda de peças e stand de viaturas. Conta atualmente com 19 trabalhadores e com este projeto propõe a criação de mais três postos de trabalho.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).