Abrantes | Eduardo Cabrita em Ação de Limpeza da Floresta no concelho

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, acompanha no concelho de Abrantes uma Ação de Limpeza da Floresta, este sábado, dia 24 de março, a partir das 15h00. Uma iniciativa que principia no Quartel dos Bombeiros de Abrantes seguida de visita ao terreno. A acompanhar o ministro estará a presidente da Câmara Municipal de Abrantes (CMA), Maria do Céu Albuquerque. Antes, pelas 12:30, o governante vai estar em Constância.

PUB

Trata-se de “uma ação de promoção de limpeza. Exemplo de uma ação concreta de proteção da floresta, de pessoas e dos bens”. A vinda do ministro da Administração Interna ao terreno “é mais um sinal de vontade do Governo de se manifestar e acompanhar o que está a ser feito e porventura, aperceber-se das dificuldades”, disse o vereador da CMA ao mediotejo.net à margem de uma ação de plantação de árvores com crianças e adolescentes no Dia Mundial da Árvore.

O programa da Ação de Limpeza da Floresta inicia-se assim, às 15h00, com a apresentação da estratégia de limpeza da CMA por Maria do Céu Albuquerque. Seguida da assinatura de Protocolo de Equipas de Intervenção Permanente (EIP) e por último, antes da visita ao terreno, da intervenção do ministro da Administração Interna.

PUB

Às 16h00 é tempo da Ação de Limpeza propriamente dita nas freguesias de Carvalhal e Fontes. Em Matagosa e Matagosinha decorre um ‘briefing’ em tenda de campanha (Escola primária desativada). De seguida em Água das Casas visita ao Sistema de autoproteção. Em Vale de Açor visita à Silvicultura (feita por empresas da floresta) e por último a operação de limpeza.

PUB
PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).