- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Degustar e descobrir os encantos da Doçaria Tradicional na 19ª Feira Nacional

A 19ª Feira da Doçaria Tradicional regressa a Abrantes no fim de semana de 22 a 24 de outubro, na Esplanada 1º de Maio, no seu Centro Histórico. Três dias repletos de sugestões tentadoras com mais de uma centena de doces regionais representantes das melhores características do nosso património gastronómico.

- Publicidade -

Este ano com especial atenção e dedicação aos doceiros de Abrantes, promove-se o que de melhor se faz na doçaria local, como a célebre Palha de Abrantes, as Tigeladas, as Broas de mel e noz de entre outros doces locais e produtos reconhecidos e incluídos na doçaria portuguesa como o mel, compotas, marmeladas ou bolachas.

Um cardápio muito apetecível e tradicional, que conta também com a presença do Pão de Ló de Ovar; das Cornucópias de Alcobaça; do Pão de Ló de Margaride e Pão de Deus de Felgueiras e as Lérias ou dos Papos d´Anjo e Brisas do Tâmega, de Amarante. O Alentejo desvenda as suas iguarias com o Pão de Rala e Bolo Rançoso de Reguengos de Monsaraz; a Sericaia, o Fidalgo e as Queijadas de Évora; o Pastel de Tentúgal e Barrigas de Freira de Montemor-o-Velho.

- Publicidade -

XVII Feira Nacional de Doçaria Tradicional em Abrantes. Expositor de Felgueiras

Com entrada livre, a 19ª Feira Nacional de Doçaria Tradicional conta com um vasto programa de animação. No dia 23 de outubro, pelas 10h30 com a colaboração do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte de Mação e às 16h30 com a EPDRA– Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, decorrem as oficinas de doçaria, que pretendem ensinar a arte de confecionar doces tradicionais, revestidos por um toque de inovação. Já no domingo, dia 24, pelas 15h30, a oficina ficará a cargo do Rancho Folclórico e Etnográfico de Casais de Revelhos.

XVIII Feira Nacional de Doçaria Tradicional, em Abrantes. Créditos: mediotejo.net

Para os mais novos a oferta começa com a leitura de histórias na BIA – Biblioteca Itinerante de Abrantes, no sábado dia 23 e no dia 24 de outubro, pelas 15h00, no Mercado Municipal de Abrantes com uma peça de teatro infantil “Tejo por um Fio”, pela livraria escalabitana “Aqui Há Gato”, um alerta para a preservação do rio Tejo.

Em simultâneo, estará patente durante os três dias do evento, a Exposição “O Palhinhas – uma história da Palha de Abrantes”, resultado dos trabalhos de mais de 1.000 crianças do ensino pré-escolar e 1º ciclo que participaram com a sua escola nesta atividade e que anualmente é realizada com o intuito de preservar a identidade territorial contando aos mais novos a história e origem do doce abrantino.

Nesta edição foram 20 os estabelecimentos de ensino que aderiram à iniciativa, 14 escolas públicas e 6 privadas. A personagem Palhinhas marcará também presença na Feira, entre as 17h30-19h30, durante o primeiro dia, na manhã de sábado e tarde de domingo.

O evento engloba também a vertente desportiva, onde se inclui a Caminhada “Nigth Urban – Os Palhinhas 2021” e um passeio em BTT “Na Rota da Palha de Abrantes”. Seja caminhando pelo Centro Histórico ou pelo percurso aventura de BTT ambas permitem dar a conhecer o património edificado.

A animação musical também não vai faltar com o regresso da presença da “Banda às Riscas” um grupo musical de animação de eventos que tenciona espalhar sorrisos e boa disposição a todos os participantes e visitantes da Feira de Doçaria e ainda no dia 24 com a animação dos “Arrebimbá Fundo”, um grupo de percussão da Casa do Povo de S. Facundo, caracterizado pela diversidade geracional e sonoridades tradicionais, animações enérgicas que irão contagiar a comunidade.

XVIII Feira Nacional de Doçaria Tradicional, em Abrantes. Créditos: mediotejo.net

De destacar a particularidade desta 19ª Feira Nacional de Doçaria Tradicional, a “Doçaria a pedido”. Um serviço que apresenta duas formas de entrega dos doces tradicionais do Ribatejo Interior. Ao domicílio, através do número de telefone da Recadex 938041793 ou da aplicação do Jarvas, fast.jarvas.pt, apenas necessita de fazer a encomenda e aguardar confortavelmente no conforto de casa, pela sua entrega. Sendo que a outra forma é, realizar o levantamento dos doces na entrada da feira, entre as 20h30-21h30 (na 6ªfeira e sábado) e das 12h-13h (sábado e domingo), mediante a encomenda antecipada pelo telefone 966822104.

O evento realiza-se tendo em conta as orientações da Direção Geral da Saúde e demais medidas preventivas, realçando a medidas aplicadas no interior do recinto, a obrigatoriedade do uso de máscara, a existência de circuitos de circulação específicos, a proibição de consumo de doçaria no local e o aconselhamento à desinfeção das mãos continuamente.

A Feira Nacional de Doçaria Tradicional é organizada pelo Município de Abrantes, em parceria com a TAGUS- Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo interior. Consulte todo o programa e inscreva-se nas várias atividades em www.tagus-ri.pt/www.cm-abrantes.pt.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome