Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Coronel Mário Alvares é o novo comandante do RAME

O novo Comandante do Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) é o Coronel de Infantaria Mário Alvares, tendo o responsável apresentado na quinta-feira cumprimentos à presidente da Câmara Municipal de Abrantes, município onde está sediada esta instituição militar.

- Publicidade -

O Coronel de Infantaria Mário Alexandre de Menezes Patrício Alvares manifestou “abertura e disponibilidade” para dar continuidade à cultura de abertura da instituição militar à comunidade local e para continuar a ser “parceiro ativo” da autarquia, pode ler-se em nota de imprensa da autarquia.

Maria do Céu Albuquerque, por sua vez, desejou ao novo comandante os maiores sucessos, salientando a “relevância e a capacidade instalada” do RAME ao serviço do país, a partir de Abrantes.

- Publicidade -

RAME. Foto: mediotejo.net

Cerimónia do Juramento de Bandeira do 8º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018

No próximo dia 20 de dezembro, quinta-feira, irá ter lugar no Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) – Abrantes, a Cerimónia do Juramento de Bandeira do 8º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018, constituído por 95 soldados recrutas (20 femininos e 75 masculinos) incorporados no Regimento de Apoio Militar de Emergência, em Abrantes.

Programa:

14H45 – Concentração dos Convidados no RAME

14h50 – Chegada da Alta Entidade

15H00 – Inicio da Cerimónia Militar

Continência das Forças em Parada à Alta Entidade

Integração do Estandarte Nacional na Formatura Geral

Alocução, alusiva ao ato, pelo Comandante da Companhia de Formação

Imposição de Condecorações

Entrega do certificado ao Soldado Recruta que mais se distinguiu

Leitura dos Deveres Militares, pelo Chefe da Secretaria do Comando

Juramento de Bandeira

Imposição de Boinas

Desfile das Forças em Parada

Atuação da Banda do Exército

16H00 – Porto de Honra

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome