- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Concurso Internacional de Dressage em Vale de Ferreiros

Abrantes acolhe nos dias 13 e 14 de abril a ‘Rota Lusitana Concurso Internacional de Dressage 3***’, no Centro Hípico de Vale de Ferreiros. O protocolo de cooperação entre o Município e a Federação Portuguesa Equestre implica um investimento da Câmara Municipal de nove mil euros. A minuta do protocolo foi aprovada em reunião de Executivo por unanimidade.

- Publicidade -

Abrantes volta a acolher provas desportivas e atividades destinadas aos profissionais da equitação, amadores ou simples curiosos do mundo equestre, desta vez na Quinta de Vale de Ferreiros, no Pego.

Para tal, o Município de Abrantes estabelece um protocolo de cooperação com a Federação Portuguesa Equestre para a realização da ‘Rota Lusitana Concurso Internacional de Dressage 3***’ que se realiza nos dias 13 e 14 de abril no Centro Hípico de Vale de Ferreiros, “a única pista homologada para este efeito no concelho”, disse o vereador socialista Luís Dias, com o pelouro do Turismo e do Desporto da Câmara Municipal de Abrantes.

- Publicidade -

Para a realização do evento compete ao Município de Abrantes, além do apoio humano e logístico, atribuir à Federação Portuguesa Equestre uma comparticipação financeira de nove mil euros.

Reunião de Câmara Municipal de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

O presidente da Câmara Municipal, Manuel Valamatos (PS), explica tal valor financeiro com a expetativa de ‘lotação esgotada’ dos alojamentos turísticos da região e da dinâmica dos espaços de restauração do concelho, tendo em conta que se trata de um concurso internacional, alavancando desta forma a economia local, prometendo um olhar “atento” aos números da edição deste ano, no sentido de avaliação futura.

Também o vereador Luís Dias reforça a ideia de um evento com “uma relevância muito interessante no território nacional e internacional”, acrescentando ser relevante para o concelho “termos júris internacionais, de ser uma prova que é pontuável para os Jogos Olímpicos e também para o Campeonato da Europa” da modalidade.

Luís Dias disse que, tal como em 2018, “vamos avaliar o retorno efetivo” do evento, tendo referido que no ano passado houve a perceção por parte do Executivo que “os restaurantes e os hotéis tiveram durante quatro dias muita gente […] de toda a Europa e de todo o mundo. Havia juízes da Índia e do Paquistão”, indicou.

A minuta do protocolo foi esta terça-feira 2 de abril aprovada por unanimidade em reunião de Executivo.

O Centro Hípico de Vale de Ferreiros é composto por dois picadeiros descobertos, os quais estão preparados para alta competição, uma cavalariça para 12 cavalos, casa de arreios, área de lavagem, bem como outras instalações importantes para a prática de equitação.

Para além de aulas de iniciação equestre e de salto de obstáculos e “dressage”, no centro hípico decorrem provas e são organizados passeios a cavalo junto às margens do rio Tejo.

O circuito da Rota apresenta três concursos, o primeiro em Abrantes, o segundo na Coudelaria de Alter em Alter do Chão (dias 27 e 28 de abril) e o terceiro na Companhia das Lezírias (dias 11 e 12 de maio).

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome