Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Clubes Rotários transmitem tarefas para novo ano rotário de 2019-2020

Os três Clubes Rotários de Abrantes (Rotary, Rotaract e Interact) vão realizar a cerimónia de Transmissão de Tarefas para o novo ano rotário de 2019-2020, no próximo dia 28 de junho, pelas 19h30, na Quinta das Oliveiras em Alferrarede, Abrantes.

- Publicidade -

Há cerca de um ano Júlio Ferreira Miguel assumia funções de presidente do Rotary Club de Abrantes, numa noite em que também o Rotaract Club de Abrantes e o Interact Club de Abrantes renovaram o conselho diretor para o ano rotário de 2018-19.

O Rotary Internacional, fundado em 23 de fevereiro de 1905, como o próprio nome indica, trata-se de uma organização internacional dedicada à prestação de serviços humanitários e educacionais, constituído por pessoas que se preocupam, de forma voluntária, em melhorar a qualidade de vida dos seus semelhantes nas respetivas comunidades e em todo o mundo.

- Publicidade -

O Rotary é uma entidade humanitária apolítica e sem vínculos religiosos, aberta a todos as culturas, raças ou credos.

O Rotary Club desenvolve projetos comunitários de prestação de serviços, apoia jovens no desenvolvimento da sua educação escolar e profissional e fomenta o companheirismo como elemento capaz de criar novas amizades e proporcionar oportunidades de servir de acordo com o lema de Rotary: “Dar de si antes de pensar em si”.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome