Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Campo do Pego alvo de furto em vésperas de inauguração oficial

O campo de futebol da Casa do Povo do Pego, concelho de Abrantes, foi alvo de furto na madrugada desta quarta-feira, segundo confirmou ao mediotejo.net o presidente da CP Pego, Carlos Cadete. Após arrombamento das instalações, foram roubados vários materiais, desde ferramentas a equipamentos, esquentadores, dinheiro do bar e até pastilhas elásticas. Já foi feita participação à GNR, que está a par do sucedido, aguardando novos dados.

- Publicidade -

Carlos Cadete, presidente da Casa do Povo do Pego, referiu ao mediotejo.net que só na manhã desta quarta-feira se deu conta do que havia acontecido no campo de futebol, tendo já feito participação à GNR. “Hoje de manhã, quando chegámos ao campo, verificámos que uma das portas do bar estava arrombada, que tinham furtado algum dinheiro, levaram um berbequim, pastilhas elásticas, e desarrumaram um pouco”, descreveu.

Porém, outras partes das instalações foram também invadidas. A sala de esquentadores, que fica numa cave, foi igualmente arrombada. “De início não demos conta que tivesse sido também alvo de arrombamento. Após a saída da patrulha da GNR, fomos dar outra volta nas instalações, e acabámos por verificar que a porta tinha sido arrombada. Levaram algum material, esquentadores antigos e condutas e cabos de gás, ferramentas, equipamentos, torneiras novas,…”, enumerou.

- Publicidade -

Segundo o responsável daquela coletividade, o dia anterior decorreu com normalidade, e o mesmo acontecerá no dia de hoje. “Ontem houve treino, hoje haverá treino também, aquele espaço tem estado sempre ocupado no horário dito «normal» em termos diurnos. Nada fazia prever que isto acontecesse, e certamente aconteceu durante a noite”, afirmou.

Quanto a estimativa deste furto, bem como dos estragos causados, Carlos Cadete diz não ter ainda sido feita, uma vez que surgiram novos dados. “Ainda não conseguimos, porque inicialmente quando chamámos a patrulha os valores não eram muito altos, eram cerca de 400 euros. Agora com o que foi detetado na sala de esquentadores, é provável que suba um pouco mais, e que chegue perto dos mil euros, contando com a recuperação dos estragos, da substituição de fechaduras, tudo isso”, assumiu.

Por fim, Carlos Cadete não escondeu estar “desanimado”, nomeadamente tendo este ato ocorrido na semana em que se prevê a inauguração oficial do relvado sintético, a decorrer no sábado, pelas 15h30, com a presença das várias instituições envolvidas no financiamento do mesmo, bem como do secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo.

Carlos Cadete, presidente da Casa do Povo do Pego. Foto: mediotejo.net

“Considerando que somos uma instituição pública, que serve a população, os jovens, para treinos e jogos, e sendo um espaço de utilidade pública, mais agravante se torna. As coisas acontecem, vamos ter que nos precaver melhor, se bem que as portas estavam devidamente fechadas a cadeado, tudo fechado, e as coisas acontecem…”, concluiu.

Também nas redes sociais, na página “Futebol no Pego”, o desânimo se fez de imediato notar em curto comunicado, publicado em jeito de alerta, onde se pode ler “O Campo de Futebol do Pego foi alvo de furto. Para além dos danos causados pelo arrombamento de várias portas, regista-se o valor avultado de material roubado (esquentadores, ferramentas, cabos de cobre, torneiras, material elétrico, etc…) e algum dinheiro”, termina.

Igualmente contactado pelo nosso jornal, o Comandante do Destacamento Territorial de Abrantes da GNR, Capitão Flambó, confirmou que, na ida ao local e após participação do presidente da coletividade lesada, a entrada foi feita “através de arrombamento das portas”.

“A situação depende de queixa, não é considerado crime público, porque o valor do furto é muito baixo. Efetivamente, o dirigente do clube em causa esteve no posto e denunciou o mesmo, entretanto deslocámo-nos ao local. Depois de vir apresentar queixa, a GNR irá apurar quais são os bens furtados”, explicou, concluindo, o responsável pelo Destacamento Territorial de Abrantes da Guarda Nacional Republicana.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome