- Publicidade -

Quinta-feira, Janeiro 20, 2022
- Publicidade -

Abrantes | Campeonato regional absoluto selado com recorde nacional de Susana Estriga (C/vídeo e fotogaleria)

Com organização da edilidade abrantina em parceria com a Associação de Atletismo de Santarém decorreu este fim de semana no Estádio Municipal o campeonato regional absoluto em todos os escalões. A veterana atleta Susana Estriga, de Tramagal, bateu o recorde nacional dos 100 metros no seu escalão.

- Publicidade -

Com medidas de segurança muito apertadas devido à pandemia e adotando novos modelos competitivos os atletas competiram sem a presença de público nas bancadas o que não impediu a obtenção de alguns bons resultados.

O forte calor e o vento por vezes a soprar com alguma intensidade prejudicou o desempenho dos atletas. De recordar que o regresso aos treinos e competição aconteceram à pouco tempo.

Inês Henriques (CN Rio Maior), campeã e recordista mundial dos 50Km Marcha, venceu a sua prova por larga margem.
- Publicidade -

Das marcas obtidas sobressai, pela sua importância, a queda do recorde dos 100 metros planos de Veteranas W45 por parte da atleta tramagalense do Sporting Clube de Abrantes, Susana Estriga.

Recentemente chegada a este escalão etário a campeã europeia e vice-campeã mundial bateu o record de Lídia Brum, do Clube de Futebol “Os Belenenses”, com a marca de 13,17 segundos. Pouco depois o mediotejo.net foi ouvir a atleta e treinadora:

- Publicidade -

Com os clubes União de Tomar, Casa do Benfica em Abrantes, 20 Km de Almeirim e Grupo de Atletismo de Fátima a serem as coletividades a apresentarem o maior número de atletas assistiu-se a uma repartição interessante de medalhas num cenário bem bonito do Estádio abrantino.

Os atletas acataram as instruções da Organização e a prova decorreu sem incidentes, com a normalidade possível.

FOTOGALERIA:

Resultados na página da Associação:

Resultados Campeonatos de Santarém 2020

*Com David Belém Pereira (Multimédia).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome