PUB

Abrantes | Câmara aprova criação de regulamento para Serviço de Atendimento à Vítima

O início do procedimento para criação de um regulamento interno de funcionamento do Serviço de Atendimento à Vítima da REIVA – Rede Especializada de Intervenção na Violência de Abrantes, foi aprovado em reunião de executivo. O objetivo passa por dotar este Serviço dos requisitos necessários para o seu funcionamento, nos termos da legislação nacional.

PUB

No Concelho de Abrantes estas matérias são trabalhadas através da REIVA- Rede Especializada de Intervenção na Violência de Abrantes, que existe desde 2013, funcionando através de uma rede colaborativa e envolvendo vários parceiros. Em nota de imprensa a autarquia lembra que “esta estrutura surgiu de uma decisão política do atual executivo municipal”.

No âmbito desta resposta organizada em rede e facilitadora da articulação de soluções eficazes de encaminhamento e apoio às vítimas, destaca-se o Serviço de Atendimento à Vítima. Este serviço faz atendimento na Câmara Municipal de Abrantes e na Associação Vidas Cruzadas, sendo constituído por uma equipa técnica composta por pessoal qualificado.

PUB
PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).