Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: “Cadernos de Viagem de Abrantes” em exposição na Biblioteca

Até ao dia 29 de abril, está patente ao público na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, a exposição “Cadernos de Viagem de Abrantes” que inclui outras atividades como apresentação de livros e uma oficina sobre ilustração de cadernos de viagens, este sábado, dia 2 de abril.

- Publicidade -

À semelhança dos “Carnets de Voyage” de Clermont-Ferrant, a exposição traduz-se num espaço de encontro e de fusão de desenho, escrita, fotografia, vídeo e multimédia, refere a nota de imprensa da Câmara de Abrantes.

Comissariada por Eduardo Salavisa, numa iniciativa do Município de Abrantes com a colaboração da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitetos – Secção Regional do Sul, esta mostra inclui a exposição de componente individual “Meus queridos cadernos” da autoria do artista espanhol Javier de Blas, uma coletiva com a participação de 27 artistas portugueses, uma feira de livros de viagens pelo mundo, workshops para vários públicos com escritores-viajantes e residência artística.

- Publicidade -

No dia 2 de abril, pelas 11h, o desenhador João Catarino (desenhosdodia.blogspot.pt) estará na biblioteca para apresentar o livro “EN 2” e realizar uma oficina subordinada ao tema “O caderno de viagens e a ilustração”, aberta ao público em geral.

No dia 21 de abril, pelas 21h30, Eduardo Salavisa (diario-grafico.blogspot.pt) apresenta o livro “Caderno de Abrantes” que resulta da vivência realizada durante a residência artística que fez em Abrantes em 2015. Durante duas semanas, o desenhador, autor de trabalhos em diário gráfico, percorreu a cidade e o concelho, conheceu praças e ruelas históricas, encantou-se com paisagens naturais, interagiu com as pessoas, desde os entusiasmados alunos de artes da Escola Secundária Solano de Abreu, àqueles com que se cruzou na biblioteca municipal, nos restaurantes onde conheceu a gastronomia local, no jogo do belho na aldeia do Pego, ou nos trabalhos agrícolas de Brunheirinho e Vale das Mós.

A exposição pode ser visitada à 2ª feira, das 14h às 20h; de 3ª a 6ª feira, das 9h às 20h; e aos sábado, das 09h30 às 13h.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here