- Publicidade -

Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Abrantes | Bispo D. Antonino Dias empossa nova junta regional do CNE (c/video)

No dia primeiro de junho tomaram posse os novos órgãos da junta regional e conselho fiscal e jurisdicional do Corpo Nacional de Escutas da Região de Portalegre-Castelo Branco, em Abrantes. Depois de três anos como presidente da junta regional, o abrantino Paulo Dias dá lugar a Manuel António, de Cebolais de Cima, freguesia do concelho de Castelo Branco. A equipa empossada conta com quatro chefes de agrupamentos abrantinos na sua direção. Como presidente do conselho fiscal e jurisdicional foi empossado José Pereira Gomes.

Junta regional e conselho fiscal e jurisdicional do CNE empossados no Castelo de Abrantes. Manuel António, de Cebolais, é o novo Chefe Regional do CNE. Foto: mediotejo.net
- Publicidade -

Falando da equipa que agora tomou posse para os próximos três anos, Manuel António disse, em declarações ao jornal mediotejo.net, que a confiança que “Região depositou em nós, tal como caminheiros, dirigentes e outros escuteiros, tem muito a ver com o mote que escolhemos que é ‘unidos trilhamos caminho’” ou seja, “todos juntos, agrupamentos e Região em sentido, é que conseguimos chegar mais longe, ter cada vez mais jovens no CNE, ter cada vez mais adultos a formar esses jovens e assim conseguirmos ser uma Região mais unida e cada vez mais consistente para trilharmos caminhos”.

Admitindo não ser uma missão “fácil” Manuel António garantiu ser “gratificante” por ser um trabalho que envolve crianças e jovens. “Qualquer sorriso é a nossa recompensa, é uma missão que nos dá imenso gozo e como é lema dos escuteiros: ‘sempre alerta para servir’”.

Junta regional e conselho fiscal e jurisdicional do CNE empossados no Castelo. O Bispo Antonino Dias e o padre Nuno folgado
- Publicidade -

O novo chefe regional, nos seus jovens 33 anos, acredita que “as crianças vêm nos chefes escuteiros o papel de educador. Foi por isso que a nossa equipa se candidatou, uma equipa bastante jovem que está habituada a trabalhar com as crianças o que nos dá um ‘know how’ imenso para conseguimos levar a Região a bom porto”.

E “levar a Região a bom porto” passa por “criar mais atividades, mais oportunidades educativas para crescerem enquanto lobitos e escuteiros”. Manuel António considera inexistentes as “dificuldades” nos lobitos, porque “é tudo um mundo de brincadeira e de aprender a brincar. Através de imaginários e de muitos jogos conseguimos ensinar-lhes todos os ideais escutistas”.

Junta regional e conselho fiscal e jurisdicional do CNE empossados no Castelo. O chefe Paulo Dias
- Publicidade -

A cerimónia de tomada de posse decorreu no Palácio dos Governadores da Fortaleza e Castelo de Abrantes. Presidiu à Eucaristia o Bispo de Portalegre-Castelo Branco, Antonino Dias, que contou com a presença de representantes de diversos agrupamentos de escuteiros, do chefe nacional do CNE, do provedor da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes, Alberto Margarido, e do vereador da Câmara Municipal, Luís Dias.

O chefe regional cessante, Paulo Dias, dirigiu-se a toda a Região agradecendo a confiança que depositou na sua equipa durante os últimos três anos. Deu conta querer manter-se “sempre alerta para servir” mostrando “disponibilidade para continuar a colaborar no que for possível e naquilo que entenderem por necessário”. Concluiu desejando “os maiores sucessos à junta regional” crente e querendo “que os sucessos da nova junta regional continuem a ser os sucessos de Portalegre-Castelo Branco enquanto Região e que o escutismo e o CNE continuem a ser valorizados”.

Junta regional do CNE empossada no Castelo.

Tomaram posse os seguintes dirigentes: chefe regional para o triénio 2018-2021 – Manuel António; chefe regional adjunta – Crisalda Gonçalves; secretária regional de adultos – Dulce Baptista; secretário regional pedagógico – Dino Bento; secretária regional para a proteção civil e ambiente – Carla Vasco; secretário regional para a comunicação e imagem – Eduardo Pereira.

Para o Conselho fiscal e jurisdicional regional tomaram posse como presidente José Pereira Gomes, vice-presidente Vera Cardoso e como secretário Joaquim Claudino Paulo.

Durante a Eucaristia decorreram ainda duas homenagens com a atribuição da Cruz de São Jorge (medalha de bronze) ao Chefe do Agrupamento de Mouriscas, Pedro Fernandes, e a Cruz de São Jorge (medalha de ouro) ao padre Nuno Folgado.

O movimento escutista no concelho de Abrantes, local onde se realizou a cerimónia, conta com seis agrupamentos e cerca de 400 escuteiros.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome