- Publicidade -

Abrantes: Autarquia aprova meio milhão de euros em transportes escolares

São mais de 500 mil euros em despesas a realizar com transportes escolares para o ano letivo 2016/2017 que a Câmara Municipal de Abrantes aprovou durante a última reunião de executivo camarário.

- Publicidade -

Para aquisição dos cartões (vinhetas) para os passes escolares que são requisitados anualmente pela Câmara Municipal de Abrantes à Rodoviária do Tejo, foi aprovado um montante estimado de 310 mil euros, ao qual acresce o IVA.

Por outro lado, a autarquia de Abrantes vai adquirir serviços para circuitos especiais de transportes no concelho de Abrantes para o próximo ano letivo, a diversas empresas como a Sociedade de Automóveis de Aluguer do Zêzere; Táxis Pombo de Mação; Rodoviária do Tejo; Sorriso da Cidade e UTS – Viagens e Serviços, que apresentaram propostas para os diversos lotes de circuitos que foram colocados a concurso.

- Publicidade -

Segundo já tinha referido Celeste Simão, vereadora da Câmara Municipal de Abrantes responsável pelo pelouro da Educação, a aquisição destes circuitos especiais de transportes escolares têm como objetivo combater o abandono escolar por parte de alunos que se encontram em zonas periféricas do concelho com falta de oferta de transportes públicos.

À Sociedade de Automóveis de Aluguer do Zêzere foram adjudicados três lotes: Lote 1 (Bairro Fundeiro, Carreira do Mato/Rio de Moinhos), pelo montante de cerca de 6.400 euros; Lote 2 (Casal da Serra/Martinchel, com ligação ao autocarro para Rio de Moinhos), pelo montante de mais de 2.500 euros; e o Lote 3 (Casal do Rei/Martinchel, com ligação ao autocarro para Rio de Moinhos), pelo valor de aproximadamente 2 mil euros.

A firma Táxis Pombo de Mação ganhou 5 circuitos, no valor global de mais de 30 mil euros, que fará os seguintes percursos: Vale do Esteio, Casal dos Sourões, Camarrão/Mouriscas (Lote 4); Barreiras do Tejo/Abrantes (Lote 6); Sanguinheira/Foz (circuito de ligação à paragem da Rodoviária do Tejo – Lote 7); Herdade das Tojeiras/Foz (circuito de ligação à paragem da Rodoviária do Tejo – Lote 8); e Areia, Casa Branca/Escola Básica de Alvega (Lote 11).

A Rodoviária do Tejo ficou também com 5 circuitos, no montante total de aproximadamente 93 mil euros, com os seguintes percursos: Casais de Revelhos, Alferrarede Velha/Escola Básica Maria Lucília Moita – Chainça (Lote 10); Barrada, Vale Zebrinho, S. Facundo/Escola Básica de Bemposta (Lote 12); Vale das Mós, Courela, C. Bica, Brunheirinho, Vale de Horta/Escola Básica de Bemposta (Lote 13); Arreciadas, S. Macário, Arrifana, Cabrito/Escola Básica de Rossio ao Sul do Tejo 8Lote 16); Crucifixo/Escola Básica do Tramagal (Lote 18).

À firma “Sorriso da Cidade” foi adjudicado um circuito (Maxial, Fontes, Bairrada7Escola Básica de Carvalhal – Lote 14), pelo valor de aproximadamente 21 mil euros.

Por último, a UTS – Viagens e Serviços viu serem-lhe adjudicados dois circuitos, no valor de cerca de 32 mil euros: Martinchel/Escola Básica de Rio de Moinhos (Lote 15) e Bicas/Escola Básica de S. Miguel do Rio Torto (Lote 17).

O relatório final do júri do procedimento para aquisição de serviços para circuitos especiais de transportes escolares no concelho de Abrantes para o ano letivo 2016/2017 refere ainda que ficaram desertos dois lotes: Lote 5 (Monte de Vale de Água) e o Lote 9 (Casal D. António/Pego, circuito de ligação à paragem da Rodoviária do Tejo).

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).