Abrantes | Assinados contratos programa para o Desporto num apoio de 195 mil euros

Cerimónia de assinatura dos contratos programa Medida 2 Desporto do FinAbrantes, em Sentieiras. Créditos: CMA

Os contratos programa relativos à Medida 2 – Desporto, no âmbito do FinAbrantes 2019/2020, foram assinados na segunda-feira, 9 de dezembro, no Centro Popular de Cultura e Desportos de Sentieiras, em Abrantes. Trinta coletividades do concelho recebem apoio financeiro no valor total de 195.752,65 euros. Desta vez, a Medida 2 do Programa de Apoio às Coletividades do Concelho de Abrantes reporta-se a 23 diferentes modalidades desportivas.

PUB

O Centro Popular de Cultura e Desportos de Sentieiras (CPCD), em Abrantes, recebeu a cerimónia de assinatura dos contratos programa relativos à Medida 2 – Desporto, no âmbito do FinAbrantes 2019/2020, que apoia 30 coletividades do concelho com 195 mil euros.

Durante a cerimónia, onde compareceu o comandante do RAME, o Coronel Luís Barroso, o presidente da Câmara Municipal, Manuel Valamatos salientou a importância de “democratizar o território” onde se inserem estas cerimónias descentralizadas no sentido de levar as pessoas também às aldeias do concelho, “um território com o tamanho da ilha da Madeira”, notou.

PUB
Cerimónia de assinatura dos contratos programa Medida 2 Desporto do FinAbrantes, em Sentieiras. Manuel Valamatos. Créditos: CMA

Manuel Valamatos recordou que ele próprio foi dirigente associativo há 20 anos, sendo presidente de um clube desportivo conhecendo, por isso, as “dificuldades” das coletividades. E diz ter “lutado do ponto de vista intelectual para que se criasse o programa FinaAbrantes, o Programa de Apoio às Coletividades do Concelho de Abrantes, que conta com 19 anos, tendo “sofrido ao longo dos anos algumas alterações, ajustes”, contudo “já replicado em vários pontos do País”.

Desta feita, os apoios são distribuídos da seguinte forma: Atividades desportivas federadas de carácter regular – 28 coletividades, em 19 modalidades diferentes, com uma envolvência de 53 equipas no âmbito dos desportos coletivos (864 atletas) e 551 atletas em desportos individuais, no total de 185.342,50 euros; Apoio à promoção de atividades desportivas ou recreativas de lazer, meramente lúdicas – 12 coletividades, em 12 modalidades diferentes estando envolvidos 620 participantes no total de 10.410.15 euros.

PUB

Manuel Valamatos, que durante 12 anos assumiu funções de vereador do Desporto na Câmara Municipal de Abrantes, falou também nas “dificuldades atuais” quanto ao voluntariado. “As sociedades tornaram-se mais individualistas e é difícil descobrir pessoas que tenham vontade de ajudar as nossas comunidades e populações”, observou.

Cerimónia de assinatura dos contratos programa Medida 2 Desporto do FinAbrantes, em Sentieiras. Créditos: mediotejo.net

O autarca considerou que as Sentieiras, uma aldeia com cerca de 100 pessoas integrada na União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, “sem este clube [Centro Popular de Cultura e Desportos de Sentieiras] seria muito mais pobre. Desempenha um papel desportivo mas também social”, frisou.

E é nesse âmbito que assegurou ser vontade do Executivo municipal “continuar a ajudar” as associações e coletividades do concelho indicando que o Executivo atravessa “uma fase de compreensão”.

Garantiu também que entre os 13 concelhos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo só Abrantes apoia com meio milhão de euros, num “financiamento direto” às coletividades., sendo também Abrantes o concelho do Médio Tejo com maior número de coletividades, “com maior diversidade desportiva. Para todos, e é isso que nos move”.

Cerimónia de assinatura dos contratos programa Medida 2 Desporto do FinAbrantes, em Sentieiras. Luís Bandarra. Créditos: CMA

Por sua vez, o presidente do Centro Popular de Cultura e Desportos de Sentieiras, Luís Bandarra, lembrou que “o futebol existe ininterruptamente em Sentieiras há 30 anos” e valorizou o programa FinAbrantes como veículo para o desenvolvimento de projetos.

E são dois os projetos mais urgentes que o CPCD quer ver implementados: “o melhoramento do telhado, que ainda é em fibrocimento”, e “o melhoramento dos balneários”.

E se Luís Bandarra agradeceu à Câmara Municipal o melhoramento do campo de futebol no início da época desportiva não deixou de apelar à autarquia que apoiasse a coletividade nestes dois projetos.

Em resposta, o presidente Manuel Valamatos lembrou que “o dinheiro público é finito” e que o Executivo “não consegue resolver tudo ao mesmo tempo” mas deixou o compromisso de “acompanhar” e “ajudar”, tendo em conta as prioridades. “Com o tempo vamos resolvendo todas as situações que necessitam de colaboração”, disse o presidente.

Cerimónia de assinatura dos contratos programa Medida 2 Desporto do FinAbrantes, em Sentieiras. Créditos: CMA

OIÇA AQUI AS DECLARAÇÕES DE MANUEL VALAMATOS:

Abrantes / Assinatura dos contratos programa da medida 2 desporto do FinAbrantes em Sentieiras. O presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Valamatos, fala sobre a importância desta medida para as coletividades do concelho.

Publicado por mediotejo.net em Segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

 

Recorde-se que em abril passado o Município já havia atribuído, no âmbito do mesmo programa, o montante global de 323.909,08 euros, distribuído pelas Medidas 1 – Cultura – 149.789,92 euros; Medida 3 – Juventude – 18.724,90 euros; Medida 4 – Social – 82.583,42 euros; e Medida 5 – Eventos – 72.810,08 euros.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here