- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 25, 2022
- Publicidade -

Abrantes | Aprovado projeto de instalação da Loja do Cidadão no centro histórico

A Câmara Municipal aprovou na reunião desta terça-feira, dia 30 de maio, o projeto de execução para instalação da Loja do Cidadão de Abrantes em edifício municipal, a constituição do júri do concurso e o preço base para a empreitada que será fixado em 716.516,92€ + IVA. Reunidas as condições para lançamento do respetivo concurso, prevê-se que o prazo de execução da obra será de 210 dias.

- Publicidade -

A Loja do Cidadão será instalada na Rua Nossa Sra. da Conceição, no piso superior ao atual edifício da Unidade de Saúde Familiar D. Francisco de Almeida que ficou infraestruturado aquando da realização dessa empreitada, mas que carece agora de ser concluído. Juntará no mesmo espaço, numa área de 700 metros quadrados, em open space, os recursos da administração central e da administração local, concretizando uma resposta célere, inclusiva e próxima, com benefícios para toda a população, nomeadamente para os cidadãos e para as empresas, pode ler-se em nota de imprensa da autarquia.

No espaço serão instalados vários serviços, como balcão de serviços da Câmara Municipal; balcão dos Serviços Municipalizados; Centro de Informação Autárquico ao Consumidor; Espaço cidadão (atendimento digital assistido no acesso aos serviços do Estado, com recurso à internet); Autoridade Tributária; Segurança Social e Instituto da Segurança Social.

- Publicidade -

A instalação da Loja do Cidadão parte da estratégia municipal que pretende criar proximidade aos cidadãos. Após a conclusão da mesma, os custos de funcionamento serão repartidos por todas as entidades instaladas. A opção pela localização no coração da cidade pretende também atrair pessoas ao Centro Histórico e ao mesmo tempo criar condições de regeneração urbana e sinergias entre os vários serviços que estão a ser instalados nesta área da cidade, como a Unidade de Saúde Familiar, o mercado diário e o Welcome Center (Loja de Turismo e Produtos Locais).

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome